X 22bet

Analises de futebol

Enrico NazaréAutor da publicação: Enrico Nazaré

Gostar de Futebol e acompanhar frequentemente as partidas não é o suficiente para ser um bom apostador. Para se ter sucesso é preciso muito mais do que idas ao estádio! Analisar estatísticas para apostar pode trazer resultados muito positivos para os seus jogos.

Como qualquer esporte de alto rendimento, disputado por profissionais que estão sempre buscando se superar, o Futebol não é uma “ciência exata”, onde o melhor sempre vence. Isso se aplica não só ao futebol mas para todas as apostas realizadas em eventos esportivos nos sites de apostas.

Além do tradicional mercado de 1×2, há muitas outras opções e oportunidades para ganhar as apostas em cada partida, em cada momento do jogo.

Essas oportunidades estão disponíveis no pré-jogo e também podem ser percebidas durante a realização dos confrontos. Alguns mercados disponíveis podem estar disponíveis apenas quando os jogos estão ao vivo e você está ali, acompanhando.

Mas os ganhos acontecem se você souber analisar bem as partidas. Um apostador de sucesso no Futebol é um grande analista! Geralmente também é bom de memória e lembra de algumas coisas. Treino é tudo!

Inclusive, já existem pesquisas científicas que ajudam torcedores, profissionais e apostadores a analisarem jogos esportivos, como essa pesquisa realizada pelo apostalegal.

No Brasil, as apostas esportivas estão muito focadas no Futebol do que em outras modalidades. O Futebol não só é uma paixão nacional, como é o esporte mais popular do planeta. São centenas de mercados disponíveis para se apostar em milhares de eventos, praticamente 24 horas por dia.

Esses eventos se distribuem por competições ao redor do mundo. E é humanamente impossível acompanhar todos os campeonatos do planeta o dia todo. Você teria que ser 3 de você mesmo para tentar conseguir isso!

Analisar as estatísticas para apostar antes da partida ou durante o jogo?

Ambas as opções podem ser utilizadas para sua estratégia. Os bons analistas de Futebol começam suas análises de jogos antes do início das partidas. Mas acontece que existem mercados que valem somente para o pré-jogo e outros que permanecem para o ao vivo.

Não é à toa que existem muitos sites e aplicativos dedicados a isso no mundo todo. Neles, comentaristas especializados trazem dados estatísticos e informações sobre tudo o que acontece. Neles você encontrará informações sobre as partidas, mercados, jogadores, apostas e muito mais.

Por essa razão consideramos muito importante analisar estatísticas para apostar ao longo das partidas também, caso queira ampliar as suas oportunidades de faturar com as apostas esportivas. Crie uma ideia antes de o jogo começar. Vá com ela para a partida e veja se o que pensava realmente ocorreu.

Você verá que no início vai cometer erros de julgamento. Principalmente se as ideias prévias que teve não se basearam em estatísticas. Isso acontece e não é motivo para preocupação. Tente perceber se os seus erros têm algum padrão.

Muitas vezes os analistas de Futebol também erram nas previsões que fazem sobre os comportamentos das equipes. Afinal, cada jogo é um jogo e zebras acontecem. Ainda assim, usando as estatísticas a seu favor dá para minimizar essas falhas de análise.

Exemplo de dados na página Resultados & Dados do Betmais

Importante: as estatísticas são de grande importância para analisarmos as partidas por todos os ângulos e servem como base histórica para realização de suas escolhas nas apostas. Esses dados prévios ao jogo importam para que você tenha um palpite inicial. Se ele vai se confirmar ao longo da partida, é outra história.

Não é só no Betmais que você vai obter uma ajuda para poder acompanhar e analisar essas estatísticas. Alguns sites e aplicativos especializados podem lhe auxiliar nesse processo. Entre os principais do mercado, destacamos:

Análise estatística pré-jogo – vale a pena?

A análise pré-jogo é um assunto que divide opiniões dentro das apostas esportivas (principalmente no trading esportivo). Alguns defendem que essa é uma valiosa ferramenta para a tomada de decisão, enquanto que outros pensam nessa prática como algo que apenas influencia negativamente durante um jogo.

A verdade é que não existe um certo ou errado, mas sim aquilo que se adapta ao seu estilo como apostador. Para um analista esportivo, a análise pré-jogo já é determinante para encontrar apostas de valor.

Vale dizer que um analista de Futebol que se preza está atento aos detalhes. Um atleta gritou uma ou duas vezes com um companheiro? Anote em um caderninho.

O juiz está dando muitos cartões amarelos já no início da partida? Anote quem levou cartão, pois esse jogador será mais contido nas recuperações de bola. Ter um bloco de anotações lhe permite ter todo o jogo sob o seu controle. Você saberá quem está em melhor forma e quem está perdido em campo.

Tudo isso aumenta suas chances de prever o desfecho da partida com maior precisão. E não só, já que consegue encontrar valor em diversos mercados de apostas, como por exemplo over/under, escanteios, cartões e handicap.

Busque se atualizar constantemente, invista parte do seu tempo para realizar essas análises. Vá sempre além das odds oferecidas pelas casas. Elas são uma base, não uma única verdade.

Lembre-se que uma das principais dicas que todo apostador deve seguir é ser analítico. Seja crítico, paciente e procure sempre aprender.

O caminho do bom apostador é cheio de aprendizados e de obstáculos. Vencem aqueles que corrigem seus erros e que evoluem em seus jogos.

A cada aposta feita se acumula experiência. Não importa se ganhou ou se perdeu. Se souber aplicar seus aprendizados corretamente, sairá vencedor na maioria das vezes. Boa sorte!

O (ab)uso da linguagem e os casos da jornada

O facto de termos estádios sem público tornou mais audível nas transmissões televisivas todas as comunicações efectuadas, quer entre os jogadores de campo, quer por parte dos bancos de suplentes, e, nesse sentido, a tal linguagem que se banalizou como sendo própria do futebol passou a ser tema de conversa e análise, pois as injúrias, as ofensas e as palavras grosseiras, que são penalizadas de acordo com a lei 12 (faltas e incorrecções) com cartão vermelho, sobretudo quando são dirigidas aos intervenientes do jogo, e particularmente às equipas de arbitragem, têm-se traduzido num aumento de sanções disciplinares nestas três primeiras jornadas.

A verdade faz-nos mais fortes

A verdade faz-nos mais fortes

Das guerras aos desastres ambientais, da economia às ameaças epidémicas, quando os dias são de incerteza, o jornalismo do Público torna-se o porto de abrigo para os portugueses que querem pensar melhor. Juntos vemos melhor. Dê força à informação responsável que o ajuda entender o mundo, a pensar e decidir.

O facto de termos estádios sem público tornou mais audível nas transmissões televisivas todas as comunicações efectuadas, quer entre os jogadores de campo, quer por parte dos bancos de suplentes, e, nesse sentido, a tal linguagem que se banalizou como sendo própria do futebol passou a ser tema de conversa e análise, pois as injúrias, as ofensas e as palavras grosseiras, que são penalizadas de acordo com a lei 12 (faltas e incorrecções) com cartão vermelho, sobretudo quando são dirigidas aos intervenientes do jogo, e particularmente às equipas de arbitragem, têm-se traduzido num aumento de sanções disciplinares nestas três primeiras jornadas.

Que não se vulgarize este tipo de linguagem, pois também é possível fazer-se críticas e passar mensagens com elevação, com linguagem correcta, pois no futebol também há espaço para a educação e para as pessoas de bem. Posto isto, vamos à análise dos casos de jogo mais relevantes.

FC Porto-Marítimo

Minuto 12, golo bem anulado a Correa, por fora-de-jogo de 9 cm.

Minuto 17, Alex Telles tem o braço nas costas de Rodrigo Pinho, mas não o agarra, empurra, puxa ou carrega, pelo que não houve motivo para penálti.

Minuto 24, golo bem validado a Rodrigo Pinho, não havendo posição irregular, neste caso por 22 cm.

Minuto 42, o golo portista, obtido por Pepe, foi irregular: há claramente falta atacante, cometida por Danilo, que com o seu braço direito empurra e faz cair Zainadine. Esta acção retirou ao jogador insular a possibilidade de interceptar a bola.

Minuto 70, a bola não passou totalmente a linha de baliza. Relembro que conta, não a base da bola em contacto com o solo, mas a face redonda da mesma, que, ao projectar-se no solo, tem de estar totalmente para lá da linha.

Minuto 78, Edgar Costa faz um tackle deslizante e toca claramente na bola, promovendo de seguida um contacto normal com Manafá: não houve motivo para penálti.

Minuto 86, penálti incorrectamente assinalado a favor do FC Porto. O defesa madeirense chega primeiro à bola e é Marega que posteriormente pontapeia o pé do seu adversário. Na execução do penálti, Amir defende, mas deveria ter havido intervenção do videoárbitro (VAR), no sentido de mandar repetir o mesmo. A lei 14 (o pontapé de penálti) prevê que o guarda-redes deve ter, pelo menos, parte de um dos pés a tocar ou alinhado com a linha de baliza, o que não aconteceu.

Antes da execução, Amir estava dentro da baliza, ou seja, com ambos os pés atrás da linha de baliza, o que também não é permitido, pois deve permanecer com os pés sobre a linha de baliza, podendo movimentar-se ao longo da mesma.

Benfica-Farense

Benfica-Farense

Correcta a intervenção VAR para indicar que Otamendi cometeu infracção para pontapé de penálti, quando de forma negligente falhou a sua entrada à bola e pisou e derrubou Stojiljkovic.

Minuto 52, Ryan Gauld executou o penálti, Vlachodimos defendeu, a bola sobrou para Luca que, na recarga, fez golo. O VAR verificou que o jogador do Farense tinha entrado na área antes da execução e, se fosse ele o único a cometer esta infracção, o jogo teria de recomeçar com pontapé livre a favor do Benfica no local onde ele entrou na área. Mas como, simultaneamente, houve jogadores “encarnados” a pisar a linha limite da área (as linhas fazem parte das áreas que delimitam) o VAR deu indicação para a repetição do pontapé de penálti, ou seja, a repetição tem a ver com a infracção cometida por ambas as equipas, pois se fosse só do Farense seria livre indirecto.

É importante relembrar que o VAR pode intervir na execução dos pontapés de penálti, apenas quando o jogador que cometer infracção toca na bola ou tira partido dessa irregularidade.

Minuto 59, golo anulado ao Farense por fora-de-jogo (56 cm) de Ryan Gauld.

Portimonense-Sporting

Houve pequenas falhas disciplinares. Fali Candé deveria ter sido advertido (minuto 31) por ter acertado com o braço, de forma negligente, na cara de Pedro Porro, da mesma forma que Gonçalo Inácio deveria ter sido advertido (minuto 75) por, de forma negligente, ter pontapeado o seu adversário à entrada da área leonina.

Ao minuto 80, foi anulado um golo ao Sporting: Coates, ao elevar-se para cabecear, apoiou o seu braço direito no ombro de Dener, impedindo desta forma o jogador algarvio de poder disputar a bola. Uma infracção atacante bem assinalada. Apenas um senão neste lance: o árbitro apitou a infracção de imediato e com a bola ainda na sua trajectória e antes de entrar na baliza, o que inviabilizava uma posterior intervenção VAR para corrigir uma eventual decisão errada.

Exclusivo Jornada em análise: Benfica é a equipa da I Liga com mais passes

Benfica é a equipa da I Liga com mais passes

Tópicos

O número de passes da equipa da Luz é superior aos do FC Porto em cerca de oito por cento e 13 por cento para a de Alvalade

O Benfica é a equipa da I Liga com mais passes, à média de 533 por jogo. O futebol mais "rendilhado", ou envolvente, como se queira chamar, é a imagem de marca do técnico Jorge Jesus e destaca-se dos rivais FC Porto e Sporting, em 4.º e 5.º lugar do ranking, respetivamente.

Relacionados

O número de passes da equipa da Luz é superior aos do FC Porto em cerca de oito por cento e 13 por cento para a de Alvalade, mas a quantidade é acompanhada pela qualidade, dizem os números. A segurança com que as águias circulam a bola é a mais expressiva do campeonato, embora neste particular a vantagem sobre o FC Porto, com o seu futebol mais vertical de Sérgio Conceição é residual: 85,7% contra 85,6%.

Principais questões

+
✅ Anote quem levou cartão, pois esse jogador será mais contido nas recuperações de bola. Ter um bloco de anotações lhe permite ter todo o jogo sob o seu controle. Você saberá quem está em melhor forma e quem está perdido em campo.


Publicar comentário
Interessante
17-06-2021
1coupon XBET 2020
1coupon XBET 2020

Paris O provedor é uma das apostas mais populares e confiáveis ​​do mundo...

16-07-2021
Conheça as duas profissões que estão em alta no mercado esportivo
Conheça as duas profissões que estão em alta no mercado esportivo

Jogador de futebol? Jornalista esportivo? Marketing esportivo? Se você chutou alguma dessas três opções, ainda não acertou...

06-08-2021
Investe Em Mim
Investe Em Mim

Sei que você não ama mais ninguémE nem quer amar, tá bom do jeito que táSeu coração tá machucado demaisNão acredita no amorEu só te peço, tenta mais uma vezAmor, me faça esse favor...

19-08-2021
Balanças Slot Machine Preço Bônus sem depósito imediato para cassinos e slots
Balanças Slot Machine Preço Bônus sem depósito imediato para cassinos e slots

Pode ser seu computador que não tenha os requisitos para rodar o emulador, iniciar uma jogada direcional ou...

08-07-2021
Resultado Lotofácil 2203 de sábado - 10/04/2021
Resultado Lotofácil 2203 de sábado - 10/04/2021

Resultado da Lotofácil 2203 de sábado, 10 de abril de 2021...