X 22bet

Aposta ganha futebol

Enrico NazaréAutor da publicação: Enrico Nazaré

O São Paulo está um passo de renovar o contrato de Rodrigo Nestor. O jogador de 20 anos tem vínculo até 19 de novembro de 2020 e deve assinar por mais quatro anos com o clube do Morumbi.

A situação preocupava nos bastidores porque, a partir de maio, o jovem já poderia acertar um pré-contrato com um novo clube.

Com o novo contrato, válido até 2024, Nestor terá também uma valorização salarial. Seus vencimentos passarão ao mesmo patamar de outros jogadores que saíram de Cotia para o profissional, como Luan, Igor Gomes e Gabriel Sara.

Rodrigo Nestor, aliás, tem agradado nos treinos do São Paulo durante o período sem jogos do Campeonato Paulista. Ele vem sendo titular nas atividades.

Segundo apurou a ESPN Brasil, se o Estadual fosse retomado hoje, Nestor seria uma das opções para iniciar do técnico Hernán Crespo.

Com a situação do Paulistão ainda indefinida, o São Paulo se prepara para o início da Conmebol Libertadores, que tem as primeiras datas da fase de grupos prevista para a semana do dia 20 de abril.

Aposta ganha futebol

Aposta ganha futebol

Primeiro dia do segundo semestre de 2014, o que significa que, como já é de praxe, chegou a hora de postar mais uma lista de apostas. Mas não sem antes fazer algumas sérias observações a respeito.

Pensem no quão difícil se tornou fazer uma lista dessa natureza. Primeiro, porque tudo acontece hoje em dia com uma rapidez incrível. Há alguns anos, as listas de apostas do Blognejo eram anuais. Depois, tive que torná-las semestrais, para acompanhar a rapidez dos acontecimentos. Mas agora, mesmo as semestrais já estão se mostrando defasadas. Tanto que, quando eu posto a lista, as apostas já são realidade pra muita gente. Acabam virando apostas óbvias. Daqui a pouco vou acabar tendo que escrever listas trimestrais. E, mais adiante, mensais.

Outro fator que causa justamente esse mesmo problema de se apostar em alguém que já é realidade é o acesso às informações, que se tornou amplamente democrático. Hoje em dia todo mundo tem acesso a quase tudo. Sistemas de monitoramento de execuções, views no Youtube, números e interação em redes sociais, tudo isso é acompanhado 24 horas por dia por quase todo mundo que trabalha com o mercado sertanejo. Então, quando alguém começa a despontar, todo mundo já fica sabendo. E todo mundo já começa a apostar. E mais uma vez as apostas se tornam óbvias quando são postadas aqui.

Tem também aquela coisa de saber separar a qualidade e o potencial para o sucesso. Muitas vezes apostei em nomes apenas pela qualidade do trabalho. Nomes que algumas vezes realmente despontaram e outras vezes ficaram pelo caminho. Em outras ocasiões, apostei em determinados artista independente da qualidade do trabalho. Até porque vivemos hoje uma realidade em que qualidade se tornou um elemento muito subjetivo. O que eu acho que é bom nem sempre é bom para Fulano, Beltrano ou Ciclano. Cada um tem uma forma diferente de encarar a qualidade de um projeto. O que a maioria não sabe, no entanto, é separar os conceitos de qualidade e de potencial para o sucesso. Não é porque você não gosta de algo que significa que aquilo não vai estourar nunca. A história nos mostra isso a cada temporada.

Outra coisa que é bom salientar é que obviamente conta muito como argumento para a inclusão de alguns nomes na lista abaixo o fato de fazerem parte de algum escritório forte ou de uma gravadora forte (dependendo da forma de trabalho adotada por ela). Então o artista pode nem estar tão em evidência ainda, mas entre um artista que não está em vidência mas faz parte de um grande escritório e outro que não faz, em qual é mais fácil apostar?

O caráter regional de alguns projetos também é outro ponto importante para se refletir no que diz respeito às apostas. Quem disse que o cara não é sucesso só porque não toca em Goiânia? Quem disse que o artista não tem tudo pra estourar só porque não chegou a São Paulo ainda? Hoje em dia, cada vez mais artistas deixam de se preocupar em ampliar o trabalho a nível nacional, principalmente porque os custos de divulgação e logística tornam este tipo de trabalho cada vez mais oneroso. Em muitos casos, vale muito mais a pena se consolidar primeiro em uma determinada região para só depois partir para uma divulgação nacional.

Se o acesso rápido à s informações à s vezes torna uma das apostas do Blognejo óbvia quando incluída aqui na lista, a velocidade também pode ser encarada de forma inversa. Muitas vezes apostei em nomes aqui que não aconteceram naquele referido ano ou semestre, o que não significa necessariamente que a aposta foi errada. E, pasmem, isso já foi motivo de comentários raivosos dos nossos queridos haters aqui do Blognejo. Por isso, decidi incluir o termo “a partir de” no título dos posts referentes à s apostas, justamente para evitar que o título seja interpretado apenas como uma aposta exclusiva deste semestre.

Outra coisa que eu sempre faço questão de ressaltar é que não dá pra repetir nomes aqui na lista, mesmo que eu tenha incluído na lista passada um artista que só vai acontecer neste semestre ou em outro. Como eu disse, as apostas não têm limite de tempo. E por último, é bom lembrar que 2014 está sendo um ano incomum. Com a Copa do Mundo e com eleições a caminho, o ano não está sendo dos mais fáceis de se trabalhar, o que faz com que seja ainda mais difícil para novos artistas essa luta para se tornarem realidade.

Bem, dito isso, vamos à lista.

5º GABI LUTHAI

A Gabi Luthai faz parte de uma estratégia recentemente adotada pela Sony Music e que parece ter como principal elemento o cantor Lucas Lucco, ou seja, uma junção entre o gênero sertanejo e o pop jovem. Assim como o Lucas Lucco, a Gabi também tem um apelo gigantesco junto ao público jovem, coisa que ela conquistou com seu já estouradaço canal de vídeos no Youtube, onde ela posta covers em voz e violão de músicas de diversos gêneros, mas principalmente do sertanejo. A sacada agora vai ser conseguir transferir para a sua carreira na estrada e na mídia tudo o que ela já conquistou enquanto web star. Ainda havia uma dúvida quanto ao gênero que ela adotaria, mas depois do lançamento de seu trabalho (ou vazamento na web, encarem como preferirem), que contou com a produção do Dudu Borges, deu pra perceber que pelo menos nesse primeiro momento ela vai realmente trabalhar como artista sertaneja. E a força da Sony somada ao seu já conhecido apelo na web podem formar um combo capaz de torná-la uma artista conhecida nacionalmente também fora da Internet. Aguardemos.

4º THIAGO & GRACIANO

Não estou incluindo esta dupla na lista apenas porque fazem parte da Western, escritório que agencia a dupla Munhoz & Mariano. Até porque o escritório ainda não começou de fato a trabalhar a dupla de forma mais agressiva. Mesmo assim, eles já são bem aceitos pelo público que os conhece. São respeitados em Campo Grande, estão crescendo como compositores e já são bastante admirados enquanto intérpretes. Tudo indica que falta à Western apenas aproveitar melhor essa boa receptividade que a dupla já tem junto ao público e começar de vez o trabalho com eles. A dupla parece ser daquelas que já está na cara do gol e da qual todo mundo já espera muita coisa. Um CD já está a caminho, além de uma participação no DVD da dupla Munhoz & Mariano, que conta com diversas músicas compostas pelos dois, incluindo a atual de trabalho.

3º GABRIEL & RAFAEL

A situação da dupla Gabriel & Rafael é similar à da dupla Tiago & Graciano. Entraram em um grande escritório, são compositores talentosos e conquistaram respeito também como intérpretes. A entrada da dupla na Efeitos pode até ter dado a entender, para algumas pessoas, que talvez a parceria não passaria da gravação do DVD, que foi usada como moeda de troca pela música “Maus Bocados”, gravada pelo Cristiano Araújo. Mas a boa aceitação do projeto, que tem um excelente repertório, muito bem cantado pela dupla, parece ter aquecido ainda mais a parceria, e a dupla já começa a ser bastante executada em rádios ao redor do Brasil. Tendo em vista que o Cristiano Araújo caminha para se tornar um dos principais artistas do mercado (TOP 3, no mínimo) em algum tempo, dá pra presumir que Gabriel & Rafael consigam bastante espaço na mídia por tabela, né?

2º ZÉ NETO & CRISTIANO

Zé Neto & Cristiano são os novos contratados da Work Show, um escritório que já era respeitado pelo mercado pelo trabalho com a dupla João Neto & Frederico e que se consolidou de vez por conta do mega sucesso da dupla Henrique & Juliano, que, assim como o Cristiano Araújo, também caminha para ocupar uma posição de cada vez mais respeito dentro do mercado sertanejo. Além disso, são responsáveis por várias músicas do novo DVD da dupla Henrique & Juliano, em vias de ser lançado. São bons compositores, têm um forte apelo visual e uma presença de palco bem marcante. O único “porém” que algumas pessoas podem apontar é a semelhança com a dupla Henrique & Juliano, atuais estrelas do escritório, tanto vocal quanto de repertório. Mas creio que basta saber definir bem a identidade deles para que o mercado não estranhe uma eventual semelhança.

1º FIDUMA & JECA

Uma grata surpresa. Não fazem parte de nenhum grande escritório, não gastaram quase nada e já são assunto nas bocas de muita, mas muuuuuita gente mesmo. São irreverentes e diferentes, o que já é um ponto a favor, mesmo que a irreverência não costume ser longeva em artistas sertanejos. Com um repertório que mescla o divertido com o tradicional, são um dos raros casos que comprovam ser possível fazer um trabalho bem feito com poucos recursos, apenas com os contatos certos. Atualmente, o único responsável pela dupla além deles próprios é o produtor musical Zé Renato Mioto, que trabalhou durante anos com João Carreiro & Capataz. Pelo andar da carruagem, creio que eles não consigam segurar por muito tempo a necessidade de fazer parte de um escritório maior ou pelo menos de ampliar a própria equipe. Ontem mesmo o Sorocaba já postou uma foto dos caras durante uma festa na sua casa. Será que os grandes já não estão de olho?

Como em toda lista, dói no coração limitar a apenas cinco nomes e deixar alguns de fora. Hoje, por exemplo, pensei bastante antes de finalizá-la. Também mereciam espaço artistas como Marcos Paulo & Rulian e Marco & Lucca, que têm talento como compositores e cantores, estão com bons DVDs na manga e fazem parte de escritórios respeitados. Erick Montteiro, recém contratado pela Talismã, é outro no qual devemos ficar de olho. Gustavo Mioto, aparentemente, vai começar a usar uma estratégia mais agressiva já neste segundo semestre. Felipe Duran, sobre o qual pretendo escrever um texto em breve, parece ser uma aposta bem ousada da FS. Além de Breno & Caio César, que provavelmente vão se consolidar num futuro projeto de DVD. Entre outros nomes, nos quais ainda estamos de olho para as próximas listas.

Comentem à vontade. Cliquem AQUI para ver as listas de apostas anteriores. E obrigado ao pessoal da AudioMonitor pelo apoio na pesquisa.

Aposta ganha futebol

Aposta ganha futebol

Como já é tradição aqui no Blognejo, começamos o ano com uma lista de apostas com nomes de artistas que eu particularmente acredito que têm grandes chances de se destacar nacionalmente entre os maiores artistas e duplas sertanejas do país. Para quem chegou ao Blognejo há pouco tempo, eu posto uma lista como essa a cada seis meses, no primeiro post do referido semestre.

Apesar de achar que não seria necessário explicar pela milionésima vez algumas das diretrizes básicas das nossas listas de apostas, eu vou perder meu tempo de novo para tentar amenizar um pouco do choro e do ranger de dentes que costuma suceder este tipo de post explicando novamente as diretrizes:

a) A lista de apostas não se refere apenas ao período em questão. O artista pode não se destacar em 2015. É uma lista de artistas que podem se destacar nacionalmente de hoje em diante, podendo ser em 2016, 2017, 2028, 2079… Ou nunca, afinal nem sempre dá pra acertar todas, mesmo nossa taxa de acertos sendo bastante satisfatória. Basta pesquisar as listas desde o começo do blog.

b) A lista de apostas não se refere à qualidade dos artistas. Aliás, a grande maioria dos artistas que costumam ficar em primeiro nestas listas são do tipo que figuram no meio das polêmicas levantadas pelos adeptos mais conservadores do gênero sertanejo, que infelizmente não aprendem a enxergar o segmento sertanejo como um mercado. Aliás, qualidade pra mim sempre foi um conceito subjetivo: o que é bom pra alguns é ruim pra outros e vice-versa. Lidem com isso.

c) Os artistas já indicados em outras listas não são indicados novamente nas listas seguintes, exceto se ele tiver sido incluído apenas como menção honrosa, não fazendo parte da lista propriamente dita. Então, antes de reclamar da falta de algum nome, confira as listas anteriores. É sério. Incrível a quantidade de pessoas que reclamam antes de conferir.

d) Nem preciso dizer de novo que se trata de uma lista baseada em opiniões subjetivas, né? É o que EU acho que pode acontecer, o que não quer dizer que a lista seja uma verdade absoluta. Então não precisa agir, caro leitor, como se eu tivesse dado um tiro na cabeça de um membro da sua família. Caso discorde, basta deixar sua opinião na área de comentários.

5º LUIZ HENRIQUE & LÉO

Eles não fazem parte, ainda, do mainstream, não são contratados de nenhum grande escritório, mas passo a passo têm feito um trabalho invejável nas regiões em que já atuam. Recentemente, eles ganharam um empurrão a mais com a inclusão de sua principal música no repertório do DVD do Cristiano Araújo, que, em troca, gravou uma participação em uma outra ótima música da dupla. “Hoje eu tô terrível”, que o Cristiano regravou, tem tudo pra ser a música sertaneja mais executada do carnaval, o que com certeza vai render ótimos frutos a Luiz Henrique & Léo. Sem falar do incrível trabalho que a dupla faz junto aos principais veículos da Internet. Ao abraçarem de forma tão forte o trabalho de divulgação via sites de prestígio, eles não só ganharam mídia, mas apoiadores fervorosos, que foram responsáveis pelo sucesso de grandes artistas nos últimos anos. Sem falar no enorme carisma da dupla, claro, que é sem dúvida uma de suas principais características.

4º GUSTAVO MIOTO

Antes de ler o restante deste parágrafo e emitir a opinião pré concebida que você talvez esteja pensando em emitir, peço que imagine o seguinte cenário: um artista com forte apelo jovem, que vem sendo preparado há anos, com uma marcante presença de palco e um show contagiante, com um DVD produzido pelo Dudu Borges e dirigido pela Hit Music, gravado em sua cidade natal e com o apoio maciço da população de lá, sem falar das participações de peso (Luan Santana, Cristiano Araújo e Bruninho & Davi) e o apoio da Sony Music, que distribuirá o projeto. Será que um artista desses vai trabalhar pouco? E se o cara ainda for empresariado pelo maior contratante de shows do Brasil, responsável pela programação de algumas das maiores feiras e festas do Brasil? Bom, o cenário é esse. Será que com todo esse aparato montado em volta dele, faz mesmo alguma diferença o contratante de shows ser também o pai dele? Então não me venham com mimimi.

3º ZÉ FELIPE

Outro artista cuja história começa no berço. Ele é filho de ninguém menos do que o Leonardo. Depois de participar do DVD de 30 anos do pai e chamar bastante a atenção pelo talento e carisma, o Leonardo vestiu de vez a camisa e já colocou o garoto na Sony, na Talismã e em todos os programas de TV dos quais participou recentemente. O disco gravado pelo Zé Felipe, que é quase 100% bachata e arrocha, surpreendeu pela qualidade. Foi uma ascensão bem rápida se levarmos em conta que há um ano e meio atrás quase ninguém imaginava que o Leonardo tinha outro filho além do Pedro com aspirações artísticas. Pois é. E olha que, além da aspiração, o garoto parece ter mesmo puxado de berço o dom da família.

2º MARÍLIA MENDONÇA

Há quem diga que o sertanejo feminino só funciona com cantoras de perfil “diva”. Sinto uma ligeira inclinação para a valorização, entretanto, de cantoras com um perfil mais próximo do público nos últimos tempos. Baladeiras, extrovertidas, brincalhonas. E dentro desse perfil, um dos nomes que mais vem se destacando é o da Marília Mendonça. A compositora mais requisitada do Brasil na atualidade é, por acaso, uma cantora incrível, dona de um talento enorme. Sabendo disso, a Work Show, escritório responsável pela dupla Henrique & Juliano, já abraçou a causa há algum tempo, tornando-a parte do casting de artistas do escritório. A Marília é co-responsável por algumas das principais músicas do mais recente DVD da dupla Henrique & Juliano e tem entre seus fãs artistas como o Jorge, só pra se ter uma idéia. E além de todo esse know how, devemos levar em conta o sucesso da dupla Henrique & Juliano, que já atingiu um patamar tão elevado que deve, com certeza, puxar o dos demais artistas da Work Show, como Zé Neto & Cristiano, já mencionados aqui no blog na última lista de apostas, e a própria Marília Mendonça.

1º BRENO & CAIO CÉSAR

O mercado assistiu ao crescimento dessa jovem dupla no decorrer dos anos. Eles fazem parte do circuito desde crianças, sempre com os olhos dos grandes sobre eles. Aparentemente, era aguardado apenas o momento certo. Durante esta já longa carreira, eles construíram uma base de fãs considerável na Internet. E agora, já incrivelmente maduros do ponto de vista musical e donos de uma humildade admirável, eles passaram a integrar o casting de artistas da Brothers, que vem de empreitadas muito bem sucedidas nos últimos anos com artistas como Michel Teló e Jads & Jadson. Breno & Caio César parecem uma aposta certa do escritório. Jovens, talentosos, carismáticos e queridos pelas fãs, parecem ser o tipo de dupla destinada ao sucesso. Demorou até que eles aparecessem em uma de nossas listas de apostas, diga-se de passagem. Mesmo assim, algo me diz que 2015 tem tudo pra ser um ano de consagração para a dupla. Vem DVD por aí, inclusive.

Como não poderia deixar de ser, alguns nomes que não figuraram na lista podem chamar bastante a atenção, como Max Moura & Cristiano, que agora contam com uma equipe forte e um bom DVD, recém lançado, e podem ser os próximos grandes nomes oriundos de Campo Grande. Lucas Reis & Thácio têm tudo para herdar a considerável parcela do público da dupla João Carreiro & Capataz que não quis migrar automaticamente para a dupla Carreiro & Capataz. Fábio & Rafael podem ser o próximo estouro do Paraná. Léo Moreira, novo artista do escritório da dupla Fred & Gustavo, também promete, assim como o Thiago Matheus, filho do Giuliano, que já vem se destacando. Entre outros.

Como eu disse, a lista é subjetiva e cada um de vocês, amados leitores, tem direito à própria opinião, que pode ser emitida de forma educada nos comentários abaixo.

Sem espaço, aposta peruana do Bota gerou dívida 'surpresa' e pouco jogou

Sem espaço, aposta peruana do Bota gerou dívida 'surpresa' e pouco jogou

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

Fora dos planos do Botafogo para a atual temporada, o atacante peruano Lecaros chegou a General Severiano como uma aposta, foi protagonista de uma dívida "surpresa" — episódio que causou ainda mais desgaste ao então comitê gestor de futebol —, e atuou em apenas alguns jogos com a camisa alvinegra. Agora, pouco mais de um ano depois, o clube avalia as possibilidades para o jogador, que tem vínculo até o fim do ano.

Anunciado em dezembro de 2019, Lecaros desembarcou no Glorioso com certa expectativa. À época com 20 anos, era visto como um jogador jovem e com potencial de despontar. Além disso, chegava para compor o elenco e ser opção para uma posição apontada como carente, a de um atacante que atuasse pelas pontas.

Relacionadas

Em reformulação, Botafogo faz jogo duro para solucionar saídas de jogadores

Botafogo contrata atacante Lucas Goiano para o sub-20: 'Emoção grande'

PPV do Carioca tira público do Premiere e fecha 1º mês com 200 mil clientes

Para ele, a vinda ao Brasil se tornava interessante pelo objetivo de integrar a seleção peruana que disputaria a Olimpíada de Tóquio, que aconteceria em 2020 se não fosse a pandemia de coronavírus — os Jogos foram adiados para este ano.

As oportunidades, porém, foram escassas. Mesmo após as saídas de Luiz Fernando e Luis Henrique, então titulares no ataque, Lecaros não conseguiu engrenar e, ainda em 2020, um empréstimo para outra equipe foi cogitado pelo Glorioso. A maior sequência foi na reta final do Campeonato Brasileiro, sob o comando de Eduardo Barroca, quando esteve em seis de dez jogos. Ao todo, foram 14 participações ao longo da temporada.

Em outubro, o episódio que, talvez, tenha dado maior holofote ao nome do jogador e que causou grande desgaste entre torcida e diretoria. O Alvinegro, que imaginava ter feito uma negociação sem custos, descobriu que deveria realizar o pagamento do chamado mecanismo de solidariedade ao Cusco, clube que formou Lecaros. O valor desembolsado foi de US$ 250 mil, cerca de R$ 1,4 milhão à época.

"O Lecaros foi contratado no início do ano. Ele estava livre, o Botafogo não pagou nada por ele. Realmente, soubemos, depois, que tinha esse mecanismo de solidariedade ao clube formador. Isso é uma tabela, o Cusco cobrou, entrou na Fifa, e tivemos que pagar isso para evitar problemas", explicou Carlos Augusto Montenegro, então membro do comitê gestor, em um áudio que circulou na ocasião.

"Pode ser considerado um erro. O Lecaros ainda é um jogador jovem e tal. Poderia ser evitado? Poderia. Talvez negociado ou poderia não ter contratado. Essas coisas são assim, você acerta e erra. Quem quiser dar porrada, falar em amadorismo, que o Botafogo é isso por causa dessas coisas. Só pegar as coisas ruins, acho que é legítimo pegar isso e bater", completou.

No fim da temporada passada, em meio à reformulação no departamento de futebol e já com Eduardo Freeland como diretor, Lecaros foi punido por chegar atrasado a um treino. Para 2021, inicialmente, esteve com o elenco, mas, posteriormente, não permaneceu mais nos planos nem sequer foi utilizado pelo técnico Marcelo Chamusca. Na última terça-feira (6), ao lado de outros cinco nomes, recebeu férias e não está mais integrado ao grupo.

Enquanto isso, a cúpula analisa o mercado da bola e possíveis clubes com os quais poderá negociar o jogador. Houve conversas com o Avaí, mas o clube catarinense e o Alvinegro não encontraram um denominador comum para concretizar a negociação.



Publicar comentário
Interessante
17-05-2021
Corinthians aproveita paralisação nos jogos para aperfeiçoar desempenho do ataque
Corinthians aproveita paralisação nos jogos para aperfeiçoar desempenho do ataque

Ainda sem data definida para retornar aos gramados, o Corinthians continua sua rotina de treinos no CT Joaquim Grava, sob orientação do técnico Vagner Mancini, que visa aperfeiçoar o desempenho do setor ofensivo...

17-08-2021
IDENTIFICAÇÃO DOS PRECEDENTES JUDICIAIS : CRIACIONISMO JUDICIAL, PRECEDENTES EM ESPÉCIE, FORÇA VINCULANTE, DIFICULDADES EM SUA APLICAÇÃO E REVISÃO
IDENTIFICAÇÃO DOS PRECEDENTES JUDICIAIS : CRIACIONISMO JUDICIAL, PRECEDENTES EM ESPÉCIE, FORÇA VINCULANTE, DIFICULDADES EM SUA APLICAÇÃO E REVISÃO

As principais dificuldades na aplicação dos Precedentes Judiciais, tais como sua força vinculante, forma de composição e modalidades de flexibilização, vão além do que previa o projeto inicial do Código de Processo Civil brasileiro...

01-07-2021
Apostas complexas em casas de apostas. Tipos básicos e complexos de apostas Tipos de apostas múltiplas complexas
Apostas complexas em casas de apostas. Tipos básicos e complexos de apostas Tipos de apostas múltiplas complexas

Todo esse conjunto de tabelas, letras, números parece para um iniciante ser uma "alfabetização chinesa"...

07-09-2021
Aposta roleta online
Aposta roleta online

No entanto, recomendamos que vocГЄ dГЄ uma olhada no casino da roleta online, porque oferece fГЈs de roleta muito mais do que qualquer outro casino de roleta virtual que jГЎ faria...

23-06-2021
Como Fazer Gestão de Banca de Apostas? 3 Métodos Comprovados
Como Fazer Gestão de Banca de Apostas? 3 Métodos Comprovados

Não ter gestão de banca pode levar um apostador a perder muito dinheiro...

26-07-2021
Com esperança de poder receber público, Roland Garros é adiado por uma semana
Com esperança de poder receber público, Roland Garros é adiado por uma semana

Com a esperança de poder receber o público nas arquibancadas, a Federação Francesa de Tênis (FFT, na sigla em francês), que organiza o Torneio de Roland Garros, Grand Slam que acontece em Paris, anunciou nesta quinta-feira o adiamento por uma semana do início do evento em 2021...