X 22bet

Apostas eleicoes americanas

Enrico NazaréAutor da publicação: Enrico Nazaré

Com as lesões de Embiid e LeBron, Jokic surge como favorito ao prêmio de MVP da liga

Depois de passarmos da metade e nos encaminharmos para a reta final da temporada regular, o The Playoffs traz a mais nova versão da corrida para o prêmio de MVP da temporada 2020/2021 da NBA, a penúltima desta edição. Neste último mês, o que vimos foram as lesões atacando alguns dos principais expoentes ao prêmio no início da temporada.

Joel Embiid e LeBron James, dois que estavam em nosso último top-3, sofreram com lesões em março e caíram na nossa corrida, dando espaço a dois jogadores que passaram avassaladores por esse último mês: Giannis Antetokounmpo e Damian Lillard. O outro componente do top-3, que não teve problemas com lesão e segue sendo dominante com um time fortalecido após a trade deadline, é Nikola Jokic, que agora é o principal concorrente ao prêmio.

Jokic na frente significaria a volta do prêmio a um pivô, algo que não acontece na liga desde 1999/2000, quando Shaquille O’Neal levou. Antes disso, desde a criação do prêmio, em 1956 para a temporada 1955/1956, até 1982/1983 foram 21 prêmios para pivôs contra sete para jogadores de outras posições. Depois de 1983, até a última temporada, somente três prêmios foram para pivôs, incluindo o de 2000 para Shaq, citado acima.

Lembrando que faremos a atualização mensal deste ranking, afinal, muita coisa muda de 30 em 30 dias na NBA. Além da minha opinião particular e das estatísticas individuais, levamos em conta os critérios da própria liga para a eleição do jogador mais valioso da temporada, que nem sempre são os mesmos dos fãs.

Confira abaixo a lista com principais candidatos depois de pouco mais de três meses de temporada. A próxima e última lista sai logo após o fim da temporada regular, dia 16 de maio de 2021.

OBS: as estatísticas abaixo foram registradas até a rodada de 03 de abril de 2021.

(Foto: Reprodução Twitter / NBA)

1 – Nikola Jokic, Denver Nuggets (ranking anterior: 2)

O céu tem sido o limite para Jokic. Depois de ótima temporada, o pivô dos Nuggets vive a melhor temporada de sua carreira, acumulando suas maiores marcas na liga, desde que ingressou, em pontos (26,5), rebotes (11,0), assistências (8,4), todas essas top-10, roubos (1,5), aproveitamento nas bolas de três (42,9%) e nos lances livres (86,7%). Particularmente “beneficiado” pela lesão de Embiid no dia 12 de março, Jokic reina um tanto quanto absoluto na frente da corrida pelo prêmio.

Neste último mês, os Nuggets tiveram somente três derrotas e são o melhor time na briga pela terceira posição do Oeste, ainda melhor depois da chegada Aaron Gordon, que melhorou o que já era um ótimo time. Nesse intervalo, Jokic teve sete double-doubles e três triple-doubles, com 56,1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, sendo 47,4% nas bolas de três. Como prêmio por tudo isso, levou o “jogador do mês” de março.

2 – Giannis Antetokounmpo, Milwaukee Bucks (ranking anterior: 5)

Antetokounmpo segue sua escalada na corrida pelo prêmio de MVP. Depois de um início devagar e um segundo mês melhor, o grego e os Bucks concluíram o último mês como um dos melhores times da liga. No último mês, Milwaukee teve dez vitórias e três derrotas e o melhor aproveitamento nas bolas de três (39,4%) entre o top-10 das melhores campanhas deste intervalo. O grego acumulou as médias de 27,7 pontos, 10,5 rebotes e 7,3 assistências em 58,8% nos arremessos de quadra.

Contando a temporada inteira, Giannis é o sexto maior pontuador (28,8) e está no top-10 em rebotes (11,4), números inferiores aos seus próprios das duas últimas temporadas, mas ótimos e que ajudam os Bucks a brigar pelas primeiras posições do Leste.

(Foto: Reprodução Twitter/Los Angeles Lakers)

3 – Damian Lillard, Portland Trail Blazers (ranking anterior: 4)

Terceiro cestinha da temporada com 29,6 pontos, atrás de Joel Embiid e Bradley Beal, Lillard foi o maior pontuador em média do último mês, estourando para 30,0 pontos, 4,1 bolas de três convertidas e aproveitamento de 39,2%. Em comparação com sua temporada inteira, o último mês de Dame teve sua melhor performance em desperdícios (2,8 contra 3,2 da temporada), aproveitamento nos arremessos de quadra (46,0% contra 44,9%) e lances livres (94,7% contra 93,6%).

Sob a liderança do armador, os Blazers acumularam nove vitórias e cinco derrotas e brigam por mando de quadra no Oeste com os Lakers e os Nuggets.

(Foto: Reprodução Twitter / NBA)

4 – James Harden, Brooklyn Nets (ranking anterior: 8)

A mudança de Harden para os Nets gerou dúvidas sobre como seria seu impacto dentro de um time recheado de gente que tem a bola na mão. Desde sua mudança, sua escalada dentro da corrida para o prêmio é notável. Já com 33 jogos no bolso por Brooklyn, o armador tem, jogando pela equipe nova-iorquina, as médias de 26,1 pontos, 11,2 assistências (lidera a liga com 11,1 de média, somando seu início de temporada de oito jogos pelos Rockets) e 8,9 rebotes.

No último mês, os Nets tiveram a melhor campanha da liga, com dez vitórias e duas derrotas, sendo que Harden não esteve com um time em uma vitória e uma derrota. Neste intervalo, as médias de Harden saltaram em pontos (27,6) e rebotes (9,3) e se manteve perto da média da temporada em assistências (10,9). Ainda sem Kevin Durant, com um parceiro que tem um pé no top-10 da conversa para o MVP em Kyrie Irving e fazendo dos Nets um sério candidato ao título, Harden vai brigar até o fim pelo prêmio.

5 – Luka Doncic, Dallas Mavericks (ranking anterior: 6)

Dallas sem Luka e Dallas com Luka são realidades bem diferentes. No último mês, os Mavericks tiveram a campanha de nove vitórias e cinco derrotas, sendo que o esloveno esteve presente em todas as vitórias e não estava com o time em três das cinco derrotas. O armador teve um bom salto de qualidade neste intervalo. Se na temporada tem 37,1% de aproveitamento nas bolas de três, no último mês arremessou para 40,0%, mesma situação dos arremessos de quadra em geral (48,8% na temporada e 52,0% no último mês). Com sua médias flertando com um triple-double (28,6 pontos, 8,8 assistências e 8,1 rebotes), seus aproveitamentos evoluindo e o Dallas aproveitando melhora, Luka faz um caso a ser observado para a corrida do MVP.

6 – Kawhi Leonard, Los Angeles Clippers (ranking anterior: 7)

Kawhi começou muito bem a temporada, com aproveitamento consistente nos arremessos (figurava dentro dos 50/40/90) e média superior a 26 pontos por jogo, mas o rendimento caiu nos último meses e afastou o ala da briga pelo prêmio. Ainda assim, Kawhi acabou “beneficiado” pelas lesões de Embiid e LeBron e fica, nesse momento, à frente de ambos na corrida. Ainda assim, neste último mês, o jogador teve as médias 23,8 pontos, 6,8 rebotes e 4,7 assistências, com 52,0% de aproveitamentos nos arremessos de quadra e 88,1% nos lances livres, e os Clippers acumularam oito vitórias e cinco derrotas, suficientes para manter o time na terceira posição do Oeste.

7 – Joel Embiid, Philadelphia 76ers (ranking anterior: 1)

Neste último mês de março, Embiid atuou em somente uma partida, por 20 minutos no jogo em que saiu lesionado e acumulou 23 pontos e sete rebotes contra o Washington Wizards. Por ter perdido tantos jogos na temporada, praticamente o último mês inteiro, e ainda assim ver os 76ers acumularem vitórias e se manterem na briga pelo topo do Leste, depois de sair como grande favorito ao prêmio, Embiid também vê sua briga pelo MVP derreter. O camaronês voltou agora dia 03 de abril, anotou 24 pontos e oito rebotes e liderou a vitória sobre os Timberwolves, provando que o alto nível de performance que teve ao longo da temporada está aí. Resta pouco mais de um mês de temporada, mas o tempo perdido foi grande o suficiente para o afastar da briga.

8 – LeBron James, Los Angeles Lakers (ranking anterior: 3)

De modo semelhante a Embiid, LeBron sofreu um grande revés em sua briga pelo prêmio de MVP quando machucou o tornozelo direito no dia 20 de março. Na última parcial da corrida eu chamei LeBron de “inquebrável”. Se foi uma secada daquelas, fica a critério de vocês. No último mês, o astro atuou em somente cinco partidas, mas manteve seu alto desempenho observado ao longo da temporada, acumulando as médias de 22,4 pontos, 8,6 assistências e 6,8 rebotes, ainda com dois triple-doubles. Ainda não se sabe exatamente quando LeBron vai voltar, mas sua briga pelo MVP está muito perto de findar.

9 – Kyrie Irving, Brooklyn Nets (ranking anterior: menção honrosa)

Oitavo cestinha da temporada (27,8 pontos por jogo) e segundo maior pontuador do último mês com média de 29,5 pontos e 53,1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, Irving vem tendo grande temporada ao lado de Harden. Neste intervalo, o armador teve sete vitórias e somente uma derrota com os Nets, que lideram o Leste e se consolidam cada vez mais como favoritos da conferência para as Finais da NBA. O volume de seu jogo poderá ter grande impacto com a volta de Durant, mas, por hora, Irving merece uma posição na corrida pelo prêmio.

10 – Devin Booker, Phoenix Suns (ranking anterior: menção honrosa)

Embora tenha o melhores números de sua carreira até aqui, Booker recebeu um time mais competitivo para a atual temporada e, junto com Chris Paul, lidera os Suns para a surpreendente segunda posição do Oeste. O ala-armador tem as médias de 25,6 pontos (14º da liga), 49,6% nos arremessos de quadra e 85,4% nos lances livres na temporada, mas vem de um mês de média de 26,6 pontos (11º) e liderou os Suns para 11 vitórias e somente três derrotas no período.

Menções honrosas (nomes para ficar de olho e que podem entrar no último ranking f)

Stephen Curry – Golden State Warriors
Donovan Mitchell – Utah Jazz
Chris Paul – Phoenix Suns

CORRIDA MVP – NBA 2020/2021

Aposte nas Eleições de 2020 pelo mundo na Bet365

Aposte nas Eleições de 2020 pelo mundo na Bet365

Não é porque o mundo dos esportes está praticamente parado, que significa que não existem opções disponíveis para você lucrar e até mesmo para passar o tempo. Ainda mais na Bet365, uma das casas de apostas mais conceituadas do mercado, segue oferendo as melhores odds e os melhores mercados disponíveis, desta forma você continua apostando e aproveitando das vantagens! Aposte Política com a Bet365 eleições 2020 USA, Austrália e Reino Unido, aposte em eSports, política, celebridades, apostas inusitadas e mais. Lucre apostando: Trump vai ser reeleito? Quem ganha na Austrália, Coalisão ou Trabalhadores? Quem terá a maioria de Assentos no parlamento britânico?

Receba R$ 200 extra na Bet365 e aposte política e eSPorts hoje 01/04/20

Receba R$ 200 extra na Bet365 e aposte política e eSPorts hoje 01/04/20

Faça seu cadastro agora e receba seu bonus Bet365, para você aproveitar a promoção de primeiro depósito que é oferecido pela casa, que dobra o valor que você depositar, até o limite de R$ 200,00. E ao se tornar um cliente Bet365 você vai ter acesso a um dos melhores aplicativos de casas de apostas do mercado e poderá acompanhar os eventos ao vivo e fazer suas apostas na hora que desejar, basta usar o app Bet365. Aplicam-se T&C, limites temporais e exclusões. 18+.

E não para por aí, a casa também oferece mercado para as eleições nacionais de três países diferentes: Inglaterra, Estados Unidos e Austrália. Dentre as melhores opções disponíveis atualmente, além de alguns campeonatos de pequenos países, como Ucrânia, que ainda não foram gravemente afetados, você ainda terá diversas opções com os e-sports, já que uma infinidade de games possuem mercado e disputas emocionantes, que vão desde o futebol, com PES e Fifa, passando por NBA, NFL e culminando em CS:Go e a febre League of Legends (LoL).

Aquelas dicas de apostas bet365 eleições USA 2020

Aquelas dicas de apostas bet365 eleições USA 2020

Nos Estados Unidos, que possui um sistema eleitoral complexo para quem não acompanha, ou nunca estudou a fórmula, ainda sequer estão definidos quem serão os dois concorrentes, uma vez que a primeira parte da eleição é definir quem serã oos representantes Democrata e Republicano. Enquanto os republicanos sabem que o atual presidente Donald Trump tentará ser reeleito, do lado democrata ainda não está definido e esta é uma das oportunidades de apostas.

Veja as odds para quem será o representante democrata USA 2020

Joe Biden (1.11)
Andrew Cuomo (12.00)
Bernie Sanders (19.00)
Hillary Clinton (23.00)
Michelle Obama (51.00)

Passado isso, acontecerá a eleição para presidente. Neste caso, é importante explicar que a eleição dos EUA é subdivida entre os 49 estados, onde cada o estado tem direito a um número X de delegados de acordo com sua quantidade de habitantes. As pessoas votam individualmente, mas a contabilidade é feita separada em cada estado. Onde o vencedor da eleição dentro de cada estado fica com 100% dos votos (delegados) válidos. No final, o candidato que tiver o maior número de delegados é o vencedor, e nem sempre isso equivale ao número absoluto de votos.

Veja as odds para quem será eleito presidente dos EUA

Donald Trump (1.80)
Joe Biden (2.30)
Andrew Cuomo (17.00)
Bernie Sanders (34.00)
Mike Pence (41.00)
Hillary Clinton (51.00)
Nikki Haley (81.00)
Michelle Obama (151.00)

Dicas de apostas bet365 eleições Reino Unido

Dicas de apostas bet365 eleições Reino Unido

Além dos EUA, Reino Unido e Austrália também terão eleições nacionais, mas cada um tem sua fórmula para a disputa. No Reino Unido, assim como nos EUA, o pleito começa com a disputa para quem será o representante do Partido Trabalhista que enfrentará o vencedor da disputa pelo representação do Partido Liberal Democrata.

Odds bet365 para Próximo Líder do Partido Trabalhista

Keir Starmer (1.01)
Rebecca Long-Bailey (21.00)
Lisa Nandy (29.00)

Odds bet365 Próximo Líder do Partido Liberal Democrata

Ed Davey (2.00)
Layla Moran (2.00)
Daisy Cooper (9.00)
Wera Hobhouse (26.00)
Christine Jardine (29.00)

Odds bet365 de quem terá a maioria de Assentos no parlamento britânico

Conservative 1.66
Labour 2.50
Any Other Party 34.00
Liberal Democrat 41.00
Greens 81.00
Brexit Party 81.00

Dicas de apostas bet365 eleições Austrália

Por fim, na Austrália que é uma mistura de tudo já falado, também haverá a eleição para definição do novo presidente do país. Apesar de ter algumas similaridades com o Brasil, lá haverá ao mesmo tempo a disputa para os governadores de Estado, que são apenas cinco. Além disso, há também uma eleição para os líderes de partidos permanente, tanto do Partido Trabalhista, quanto do Partido Liberal.

Porém o foco é quem ficará no principal cargo da nação:
Coalisão 1.80
Trabalhadores 2.00

Apostador Bet365 assiste partidas NBA de graça

Os jogos NBA estão parados, mas aqui vai mais uma vantagem para você já se cadastrar, pois assim que voltarem os eventos, você já pode usufruir dos benefícios. Outro grande motivo para você apostar usando a Bet365, é o fato de que quando você tem dinheiro na sua conta, a casa libera a transmissão de qualquer partida da liga norte-americana NBA. Ou seja, se você é um apostador, pode assistir o jogo que escolher sem pagar nada a mais por isso. Aplicam-se T&C, limites temporais e exclusões. 18+.

Biden segue na frente de Trump, mas corrida à Casa Branca se acirra

Democrata está 9 pontos à frente

Segundo levantamento do The Hill

Casas de apostas apontam equilíbrio

Pesquisa divulgada nesta 2ª feira (31.ago.2020) pelo site The Hill e realizada junto ao instituto HarrisX mostra o democrata Joe Biden com 47% das intenções de voto para a Presidência dos Estados Unidos. O atual presidente, o republicano Donald Trump, tem 38% da preferência dos norte-americanos.

A vantagem de 9 pontos percentuais do ex-vice-presidente mostra que as convenções partidárias –republicana há uma semana e democrata há duas– não alteraram de forma significativa o cenário eleitoral na maior potência mundial.

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

As eleições gerais dos EUA serão realizadas em 3 de novembro.

Eis o infográfico preparado pelo Poder360 que compila algumas pesquisas eleitorais de relevância:

Apesar de Joe Biden se manter à frente de Trump em praticamente toda a corrida eleitoral norte-americana, os sites de apostas indicam que o cenário real é muito mais acirrado.

Segundo o site RealClearPolitics, o ex-vice de Barack Obama é a aposta de 50,6% para assumir a Casa Branca. O atual presidente é a aposta de 49,1%. Os número foram colhidos às 19h15 desta 2ª (31.ago). Mudam constantemente.

Outro portal influente, o FiveThirtyEight, que compila pesquisas da corrida presidencial, indica que Biden ainda tem uma folga sobre Trump, mas a vantagem é menor que a apresentada no levantamento do site The Hill.

A metodologia do agregador é a partir de uma média das pesquisas. Há pesos diferentes para a confiabilidade do instituto, a frequência de levantamentos e o tamanho da amostra –a quantidade de pessoas entrevistadas.



Publicar comentário
Interessante
23-07-2021
Como usar o DietBet, app de apostas para quem quer perder muito peso
Como usar o DietBet, app de apostas para quem quer perder muito peso

Por Helito Bijora, para o TechTudo...

26-05-2021
Gonzo’s Quest Slot Review
Gonzo’s Quest Slot Review

Gonzo’s Quest by NetEnt takes you on a quest for treasure and the lost city of gold, El Dorado...

26-06-2021
Bet365
Bet365

Somente para novos clientes...

25-06-2021
Esporte net vip bet consultar bilhete
Esporte net vip bet consultar bilhete

Jogos ; Time 1 x Time 2 Vencedor: Casa - Taxa: R$ 1,99 Data: 99/99/ - Excluir: Time 1 x Time 2 Vencedor: Casa - Taxa: R$ 1,99 Data: 99/99/ - Ligas Principais...

23-05-2021
Toda a história da legalização das apostas esportivas no Brasil
Toda a história da legalização das apostas esportivas no Brasil

A legalização das apostas esportivas no Brasil deu o seu primeiro passo em dezembro de 2018...

22-07-2021
Portugal. Youtubers promovem sites ilegais de apostas
Portugal. Youtubers promovem sites ilegais de apostas

Mais de uma dezena de youtubers portugueses divulgaram sites de apostas ilegais, diz investigação da Rádio Renascença...