X 1xbet

Arena esportiva resultados

Enrico NazaréAutor da publicação: Enrico Nazaré

Não é difícil que, ao ligar a TV, você veja uma propaganda de algum site de apostas esportivas. As inserções, principalmente em canais do ramo, já são comuns no país e falam diretamente a um público interessado em "tentar a sorte" e adivinhar os resultados.

O mercado brasileiro se mostra promissor. Por ano, são movimentados cerca de R$ 4 bilhões no Brasil, em mais de 500 sites que oferecem apostas de jogos esportivos brasileiros, de acordo com um estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV) encomendado pela Caixa.

O processo de apostas é simples. Geralmente, basta ao interessado fazer o registro e depositar qualquer valor por boleto bancário ou transferência por diversos meios de pagamento eletrônico. Logo sua conta será gerada com o valor do depósito inicial.

Feito isso, o apostador poderá tentar adivinhar o resultado de qualquer jogo de futebol ou diversos outros esportes (como MMA, basquete e até tênis de mesa) com o mote de quanto maior o risco, maior o retorno. Ou seja, quanto mais improvável for o resultado, maior é a recompensa em caso de acerto.

Contravenção penal

Mas tentar ganhar dinheiro fácil com apostas pode criar um grande problema. A polêmica é que, caso o site provedor das apostas esteja hospedado no Brasil, colocar dinheiro para tentar adivinhar o resultado dos jogos pode ser considerado uma contravenção penal.

A lei brasileira considera lícito apenas os jogos administrados pela Caixa, além de apostas em corridas de cavalo no jóquei. Qualquer outra aposta não regulamentada pelo banco estatal é considerada infração.

"A discussão em relação aos jogos de apostas virtuais é de onde está a banca, ou seja, onde você aposta seu dinheiro. Isso porque existem diversos sites de apostas mundiais onde brasileiros ou gente de todo mundo joga", disse o advogado criminalista Jair Jaloreto.

De acordo com ele, é dessa forma que sites como Sportingbet, BET360 ou 188BET, os maiores em atuação no Brasil, conseguem fugir da lei brasileira ao hospedar suas bancas em outros países cujas legislações legalizam esse tipo de jogo.

"A manutenção de um site desses no Brasil, para mim, é contravenção penal", afirmou. "Mas, se a aposta é feita no exterior, mesmo que o evento esteja no Brasil, a operação é considerada como feita fora daqui. Portanto, se estiver em um país que libere, eu não entendo que isso seja ilícito", disse.

Dessa forma, o entendimento atual é de que o apostador que realizar seus palpites em um site registrado fora do Brasil não estará cometendo crime ou qualquer tipo de contravenção penal.

O jogador também deve tomar cuidado caso ganhe dinheiro de um site estrangeiro. Por isso deve sempre declarar à Receita Federal o valor recebido em apostas.

"Pode ser considerado um crime de evasão de divisas receber valores lá fora e não declarar. Exemplo: se você ganhou R$ 300 mil lá fora, você tem de declarar e pagar imposto sobre isso. Dessa forma, o dinheiro fica lícito", afirmou o advogado.

Riscos

A facilidade, contudo, não quer dizer que as apostas online em bolsas esportivas não tragam riscos aos palpiteiros. Além do perigo normal e previsível (de errar o palpite e perder todo o capital), há também a ameaça do calote.

Na 13ª rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, por exemplo, oito dos dez jogos acabaram tendo os visitantes como vencedores. Isso quase quebrou a banca de algumas casas de apostas que não conseguiram honrar seus pagamentos.

"Essa rodada específica gerou premiações muito altas, e os apostadores ficaram sem receber", disse Pedro Tengrouse, professor da FGV e um dos autores do estudo sobre os jogos de azar esportivos.

Segundo Tengrouse, o calote acontece porque, sem a liberação desse tipo de jogo, o apostador fica sem ter a quem recorrer. Além disso, sem fiscalização, fica mais difícil controlar fraudes esportivas, como a manipulação de resultados, por exemplo.

"A falta de regulamentação coloca em risco a legalidade do esporte e a economia popular, pois os apostadores não têm nenhuma proteção", declarou.

"O esporte fica à mercê da máfia das apostas porque, sem monitoramento, você não consegue combater a manipulação dos resultados", disse.

A CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) do Senado rejeitou neste ano a aprovação do projeto de lei (PLS 186/2014) que visa à exploração de bingos, jogo do bicho, videojogo e outras modalidades de apostas de forma legal.

Antes, a CEDN (Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional) havia aprovado a regulamentação da mesma lei. Cabe agora ao plenário da Casa votar o projeto assim que ele for colocado em votação, mas não há previsão para que isso ocorra.

Se não sabe responder a estas 5 questões, será muito difícil ficar rico

Arena esportiva resultados

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que o governo lutará até o fim para impedir a 'politização' do julgamento do TCU sobre o balanço das contas do ano passado da presidente Dilma Rousseff e criticou o PSDB. "Querem transformar um julgamento técnico em decisão de arena esportiva", disse o ministro, em entrevista ao Estado. "Estamos há anos-luz de distância de uma base jurídica para impeachment."

A tendência do governo é recorrer ao Supremo Tribunal Federal, caso o TCU reprove as contas de Dilma.

Sobrevivente da reforma ministerial, mesmo a contragosto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cardozo garantiu que "jamais" vai interferir em investigações. "Se esperam que eu controle investigações, para favorecer amigos e para prejudicar inimigos, saibam que de mim jamais terão essa possibilidade."

Cardozo afirma que o governo tem clareza da suspeição do ministro Augusto Nardes, relator do processo que julga as contas da presidente Dilma no TCU, e por isso pede ser afastamento. "Ele chegou a dizer que o Brasil não era uma Grécia, que faria história ao mudar a posição do TCU e que buscaria a rejeição das contas. Um magistrado não pode fazer isso. Queremos um julgamento em bases legais", completa.

O ministro da Justiça diz ter ficado espantado com o fato de Nardes ter "recebido parlamentares de oposição e ter sido aplaudido por eles após sua manifestação". Para Cardozo, também é curiosa a manifestação de líderes oposicionistas dizendo que estavam 'marcando homem a homem' ministros do TCU. "Essa é uma expressão que se usa para jogo de futebol. Querem transformar um julgamento técnico em decisão de arena esportiva. É lamentável".

Questionado sobre a frase do senador Aécio Neves, presidente do PSDB, de que a ofensiva do governo sobre o TCU é uma 'agressão à democracia', o ministro se defende afirmando que "no dia em que uma petição for uma agressão à democracia, coitado do cidadão. Isso só pode ser fruto de mentes autoritárias que ainda hoje não assimilaram bem a democracia".

Sobre a possibilidade de evitar o impeachment o ministro diz que o País está "há anos-luz de distância de uma base jurídica para impeachment". "Mesmo os juristas que tentam fazer isso estão engajados numa luta com correntes oposicionistas (um deles é Hélio Bicudo, que se desfiliou do PT em 2005, após o escândalo do mensalão). Trata-se de uma tentativa de se politizar a questão. O que existe agora é uma base aliada coesa. Voltamos a ter governabilidade para sair da crise econômica".

Cardozo diz que nunca ouviu nenhuma crítica a seu trabalho "diretamente do presidente Lula". "Se alguém tem pretensão a aplausos unânimes, que nunca aceite ser ministro da Justiça. Se esperam que eu controle investigações, para favorecer amigos e para prejudicar inimigos, saibam que de mim jamais terão essa possibilidade."

Arena esportiva resultados

João Paulo Sardinha
Secretaria de Gestão Habitacional e Obras

Após concluir o ginásio que compõe o complexo Arena de Esportes, a Prefeitura de São José dos Campos iniciou o ano realizando limpeza, aplicação de verniz na quadra e demarcação das modalidades esportivas que utilizarão o espaço, no Jardim das Indústrias, região oeste da cidade.

Chuveiros e torneiras já foram instalados nos banheiros e vestiários.

A Arena tem área construída de 10.700 metros quadrados e capacidade para 5 mil pessoas.

No térreo, fica a quadra poliesportiva, com camarotes de piso e vestiários. Sanitários, bebedouros e bilheterias estarão à disposição do público no mesmo pavimento. Dois elevadores, rampas e escadas dão acesso à arquibancada, no piso superior, onde haverá lanchonetes para atender os torcedores.

O espaço poderá receber o público assim que acabar a pandemia da covid-19, permitindo a retomada dos eventos esportivos, educacionais e culturais na cidade.

A quadra poliesportiva servirá às diversas equipes apoiadas e mantidas pela Prefeitura, tanto das categorias de base do programa Atleta Cidadão como as do Alto Rendimento. Alguns exemplos são os times de futsal, handebol, basquete e vôlei, esportes de quadra com bom número de torcedores simpatizantes.

O espaço da Arena também poderá comportar apresentações artísticas, competições e eventos oficiais de outras modalidades, como judô, taekwondo, luta olímpica, karatê, ginástica (artística e rítmica).

No prédio principal, um grande hall está disponível para recepções, exposições, entrevistas coletivas e visitas à galeria de troféus. Futuramente, o espaço poderá ser usado também para mostras virtuais, com uso da tecnologia digital.

As arquibancadas, com cadeiras numeradas, estão equipadas para atender também as pessoas com mobilidade reduzida. Acima, ambientes elevados abrigarão instalações para a imprensa (rádio, televisão, jornal e site) e camarotes para autoridades e convidados.

Para acompanhamento do evento pela torcida, foi instalado um placar eletrônico de LED, de alta resolução. O equipamento fica na altura do centro da quadra e tem quatro faces, com recursos em vídeo e informações sobre tempo de jogo, resultado, performance dos atletas e estatísticas online das equipes.

Os ambientes internos de convivência, como camarotes e hall, são climatizados, com sistema eficiente e de baixo consumo de energia.

Final do Beach soccer agita a Arena Esportiva

Final do Beach soccer agita a Arena Esportiva

Logo após o Beach Soccer dos Artistas, que movimentou a Arena Esportiva da Linha Verde, o público pode conferir a grande final do beach soccer, que teve quatro partidas nas categorias feminino, masculino sub 11, sub 13 e sub 15.

No feminino a disputa ficou entre o Macaense e a Barra. Melhor para as meninas do Macanese, que venceram a partida por 3 a 2. Já no masculino sub 11 o CEPE (Clube Cidade do Sol) venceu por 2 a 1 do Barroco Lopes. E o CEPE fez dobradinha, no sub 13 mais uma vez os atletas do Cidade do Sol venceram, dessa vez por três a dois do Aliança.

O time do Aliança deu o troco no Clone, descontando a derrota da primeira categoria. No tempo regulamentar da partida, empate, três a três. O jogo foi decidido nos pênaltis, com três cobranças para cada lado. Mas nem precisou chegar nas cobranças alternadas. O Clone perdeu as primeiras cobranças e o Aliança não desperdiçou a chance de marcar e se sagrar campeão da categoria masculino sub 15, pelo placar de 2 a 0.

Resultados:
Feminino Macanese 3 x 2 Barra
Sub 11 – CEPE 2 x 1 Barroco Lopes
Sub 13 – CEPE 3 x 2 Aliança
Sub 15 – Clone 3 x 3 Aliança. Pênalti: Aliança 2 x 0 Clone



Publicar comentário
Interessante
20-05-2021
Antes do sexo, esquente o clima com estas 50 ideias
Antes do sexo, esquente o clima com estas 50 ideias

Que tal tentar maneiras sensuais e divertidas de se excitar e deixar seu(sua) parceiro(a) instantaneamente louco(a) por você? Aqui estão dicas de como realmente apimentar as coisas...

04-05-2021
A Chave Dos Milhões
A Chave Dos Milhões

Esta obra foi elaborada com a finalidade de levar aos leitores, facilidades para conseguirem maiores chances na duríssima façanha de ganhar na Loteria...

14-05-2021
Acumulou! Mega-Sena vai pagar R$ 27 milhões no próximo sorteio
Acumulou! Mega-Sena vai pagar R$ 27 milhões no próximo sorteio

Na noite desta quinta-feira (8) aconteceu em São Paulo o concurso da Mega-Sena...

12-06-2021
Palpite Confiança x Fortaleza Copa do Nordeste (rodada 8)
Palpite Confiança x Fortaleza Copa do Nordeste (rodada 8)

Palpite Copa do Nordeste: Confiança x Fortaleza, em quem apostar? Classificado, Leão do Ceará viaja para Aracaju para tentar se manter na primeira colocação do Grupo B...

15-04-2021
8 dicas para ganhar na loteria (sem precisar de sorte)
8 dicas para ganhar na loteria (sem precisar de sorte)

As chances de ganhar na Mega-Sena, jogando em seis números, é de uma em 50...

19-05-2021
Loterias Caix‪a‬ +17
Loterias Caix‪a‬ +17

Agora jogar nas Loterias CAIXA ficou mais fácil...