X 22bet

Todas as casas de apostas do mundo

Enrico NazaréAutor da publicação: Enrico Nazaré

Basicamente, ODD é a chance de que um evento aconteça. As casas de apostas representam uma ODD de três formas: Decimais, Frações e Modelo Americano. Elas parecem diferentes, mas são no fundo a mesma coisa. Isso prova que a ODD na real é apenas uma ferramenta para chegar a um lugar.

As casas de apostas usam as ODDs para transformar a probabilidade de um evento em algo "apostável". Mas se você acha que apostar se trata somente de saber a ODD, você está perdendo o mais importante: para realmente expandir seu conhecimento e tomar as melhores decisões, você precisa entender como calcular PROBABILIDADES.

É impressionante como usamos pouco na nossa vida a questão de calcular probabilidades. Desde que acordamos até a hora de dormir, tudo implica decisões que mexem com probabilidades de um evento acontecer de acordo ao que precisamos.

As casas de apostas utilizam seus analistas para entregar probabilidades de eventos e resultados nos jogos. Essas probabilidades são transformadas em ODDs, geralmente muito precisas em relação à realidade. É por isso que, na grande maioria dos casos, a casa ganha mais dinheiro que você.

O jeito de você conseguir ter ganhos significativos é poder identificar se as ODDs que a casa colocou em certo evento BATEM com a probabilidade desse evento acontecer (se são JUSTAS). Se a sua análise prévia mostra que aquela ODD está distante da realidade, então, vale a pena investir.

Na semana passada, falei sobre os CINCO PONTOS fundamentais para quem quer começar a investir em apostas. Pois bem, entender ODD e Probabilidade entra no ítem 05 (Entender a Linguagem), mas principalmente, são ferramentas para as suas ESTRATÉGIAS.

Estude e analise os times, as estatísticas e construa suas próprias probabilidades. Ou leia sempre a nossa coluna que traremos cálculos bem precisos para ajudar nas suas decisões. Compare com as ODDs das casas e encontre onde há diferenças entre a sua análise e a ODD da casa. Essa é a busca de uma boa oportunidade de investimento.

Nas casas de apostas dos EUA, Trump cresce e já empata com Biden

Nas casas de apostas dos EUA, Trump cresce e já empata com Biden

O democrata Joe Biden ainda está muito à frente de Donald Trump nas pesquisas de intenções de voto para a eleição nos Estados Unidos. Mas casas de apostas em todo o país estão colocando suas expectativas (e seu dinheiro) em uma reviravolta.

Em julho, auge da vantagem de Biden entre os apostadores, o democrata chegou a liderar por mais de 20 pontos percentuais na média das apostas. Agora, entre os apostadores, 51,1% apostam em uma vitória de Biden e 48,1% em Trump (a soma não chega a 100%).

A média das apostas é compilada pelo site Real Clear Politics, que também compila médias das pesquisas eleitorais e outras estatísticas. O resultado leva em conta os lances em bolsas de apostas em todo o mundo, como Betfair, Betsson e Bwin — a modalidade de apostas em resultados políticos, proibida no Brasil, é autorizada nos Estados Unidos e em alguns outros países do mundo.

Histórico de média das casas de apostas na eleição americana: Trump vem crescendo entre apostadores (RCP/Reprodução)

Trump liderava as apostas até junho, quando Biden virou o jogo entre os apostadores. Também por essa época o democrata começou a ganhar tração nas pesquisas, em meio às críticas sucessivas sobre a gestão de Trump na pandemia do coronavírus e a deterioração da economia americana, com alta no desemprego.

Nas pesquisas, Biden vence

As apostas, é claro, são pouco matemáticas. Não necessariamente elas refletem as pesquisas ou probabilidades estatísticas, mas sim o cenário no qual os apostadores estão colocando seu dinheiro.

Nas pesquisas, Biden ainda lidera com folga. Na média das pesquisas nacionais do Real Clear Politics, Biden tem 49% das intenções de voto, ante 43% de Trump (a soma não chega a 100% porque inclui os que não declararam voto).

Na média das pesquisas estado a estado, a que importa nos Estados Unidos, Biden também vence. O democrata acumula 337 votos no colégio eleitoral, ante 201 de Trump.

Biden aparece ganhando em estados que deram vitória a Trump em 2016, como a Flórida. Um candidato precisa da maioria no colégio eleitoral, ou 270 votos.

Mas esses estados mais indecisos podem mudar brutalmente até a eleição. Se levados em conta estados em que as pesquisas não são conclusivas por enquanto (com vitória apertada de um ou outro candidato), há 211 votos nessa situação incerta na média.

Assim, dos votos em que há maior certeza, são só 212 de Biden ante 115 de Trump, na média das pesquisas. Os demais estão em disputa e serão decisivos na eleição de 3 de novembro.

J.P. Morgan: mercado deve se preparar para vitória de Trump

Em relatório a clientes, o analista Marko Kolanovic, do banco J.P. Morgan, também afirmou nesta segunda-feira, 31, que o crescimento de Trump deve continuar até a eleição e que o mercado precisa estar preparado.

"Nós atualmente acreditamos que o momentum a favor de Trump vai continuar, enquanto a maioria dos investidores ainda está posicionada para uma vitória de Biden", disse em nota a clientes.

O analista aponta que o impacto em setores e em algumas teses de investimento (momentum vs. valor, cíclicos vs. tech, ESG, escreve no relatório) "pode ser dramático e portfólios de investimento devem se ajustar para uma potencial reeleição de Trump".

O site FiveThirtyEight dá 68% de chances de vitória para Biden — ou seja, de 100 cenários, Biden vence em 68 na simulação feita pela equipe do estatístico Nate Silver. Trump tem 31% de chance. O 1% restante é a chance de um empate, segundo o modelo estatístico.

Mas o próprio Silver afirma que não é possível descartar as chances de Trump nesse momento, que podem aumentar a depender dos resultados da economia, redução no desemprego e até a chegada de uma vacina contra o coronavírus.

Neste fim de semana, o cineasta Michael Moore, um dos poucos que acertaram a vitória de Trump em 2016, também disse em suas redes sociais que o apoio dos eleitores a Trump está muito acima do normal nos Estados Unidos e que a oposição ao presidente deve se preparar para esse cenário.

Na eleição de 2016, quando Hillary Clinton liderava com folga — mas terminou derrotada ao perder estados-chave para Trump —, as casas de apostas também davam maioria para ela. Dessa vez, após a reviravolta daquela eleição, é natural que os apostadores estejam mais divididos. Apesar da liderança de Biden nas pesquisas, a eleição de 2016 ensinou a todos que nova virada sempre pode acontecer.

    • ÚLTIMAS NOTÍCIAS
    • INVEST
    • ACADEMY
    • INVEST PRO
    • Assine a Exame
    • EXAME IN
    • REVISTA EXAME
    • BRASIL
    • BÚSSOLA
    • Casual
    • CARREIRA
    • CIÊNCIA
    • COLUNISTAS
    • ECONOMIA
    • ESG
    • FUTURE OF MONEY
    • INOVAÇÃO
    • MARKETING
    • MELHORES E MAIORES
    • MERCADO IMOBILIÁRIO
    • MUNDO
    • NEGÓCIOS
    • PME
    • Seguros
    • TECNOLOGIA
    • VÍDEOS
    • NEWSLETTERS
    • PODCASTS
    • Fale Conosco
  • Sem competição, o jogo das apostas pode perder 100% das receitas

    Sem competição, o <a title=jogo das apostas pode perder 100% das receitas">

    O congelamento em massa das provas desportivas põe em risco o negócio das apostas. Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online olha para o que resta de Março como um caso perdido e teme que a quebra de receitas no mês seguinte seja total.

    Na terça-feira, a União de Futebol da Rússia decidiu anunciar a paralisação das competições domésticas até 10 de Abril, como forma de tentar conter a propagação do novo coronavírus. Foi uma das últimas peças do dominó a cair, depois de a grande maioria dos campeonatos europeus ter avançado para a suspensão dos jogos a meio da semana anterior. No continente, só Bielorrússia e a Ucrânia continuam a disputar as respectivas Ligas – apesar de haver quem não entenda por que motivo também ainda não congelaram indefinidamente os calendários. Com uma redução substancial no número de jogos – e, aparentemente, sem soluções animadoras a curto prazo –, como conseguem sobreviver as casas de apostas?

    A verdade faz-nos mais fortes

    A verdade faz-nos mais fortes

    Das guerras aos desastres ambientais, da economia às ameaças epidémicas, quando os dias são de incerteza, o jornalismo do Público torna-se o porto de abrigo para os portugueses que querem pensar melhor. Juntos vemos melhor. Dê força à informação responsável que o ajuda entender o mundo, a pensar e decidir.

    Na terça-feira, a União de Futebol da Rússia decidiu anunciar a paralisação das competições domésticas até 10 de Abril, como forma de tentar conter a propagação do novo coronavírus. Foi uma das últimas peças do dominó a cair, depois de a grande maioria dos campeonatos europeus ter avançado para a suspensão dos jogos a meio da semana anterior. No continente, só Bielorrússia e a Ucrânia continuam a disputar as respectivas Ligas – apesar de haver quem não entenda por que motivo também ainda não congelaram indefinidamente os calendários. Com uma redução substancial no número de jogos – e, aparentemente, sem soluções animadoras a curto prazo –, como conseguem sobreviver as casas de apostas?

    Em comunicado, a Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online (APAJO) classifica como “drástico” o impacto que esta paragem a nível mundial das competições desportivas – que já provocou, a título de exemplo, o adiamento do Europeu para o ano de 2021 – tem exercido sobre o negócio. Uma realidade que, espera-se, deverá assumir proporções ainda mais graves no futuro. Gabino Oliveira, presidente desta entidade voltada para a “promoção do sector do jogo” e a defesa das “empresas que legalmente exerçam essa actividade”, explica que o mês de Março já é um caso perdido para os diferentes associados, que “estimam uma perda de receitas na ordem dos 70% a 75%”. A partir de Abril, antecipam que esse número “se agrave para perto de 100%”, devido, forçosamente, à ausência de oferta, e, também, ao facto de a mesma “ser mais limitada em Portugal do que na maioria de outros países onde o jogo online é regulado”.

    Ouvida pelo PÚBLICO, a Bet.pt diz que “ainda é cedo para dar números palpáveis”, mas salienta que é evidente a “quebra no volume de apostas”. “A Série A, com a presença do Cristiano Ronaldo, é uma Liga com um impacto muito forte para nós. Quando essa competição foi suspensa, sentimos a primeira onda de choque”, confessa Pedro Miguel Garcia, do departamento de marketing da marca. Os adiamentos em catadupa dos restantes campeonatos prejudicaram consideravelmente o cenário – e “os mercados que ainda existem são periféricos”. A principal divisão de futebol da Austrália, por exemplo, ainda decorre dentro da normalidade, mas é, por norma, “pouco atraente” para os apostadores.

    Numa tentativa de encontrar soluções, estas casas têm apostado no desenvolvimento do casino online. O da Bet.pt – que, para as Ligas que ainda não foram suspensas, tem criado “apostas especiais com odds mais aliciantes”, para tentar “gerar interesse” – teve, no ano passado, um aumento “interessante” no número de jogadores registados, e o da Betano é, assegura Rui Trombinhas, responsável da equipa de conteúdos, “parte importante do negócio”, permitindo, de certa forma, mitigar os efeitos provocados pela ausência de jogos.

    No comunicado, a APAJO frisa que, nesta altura de severa contingência, é essencial “assegurar a viabilidade económica e a manutenção dos postos de trabalho nas empresas deste novo sector em Portugal”, que, com “pouco menos de quatro anos de existência”, já constitui “parte integrante do turismo” nacional. A associação deixa ainda o repto, esperando que “sejam encetadas acções para impedir que os operadores de jogo ilegal”, “que não pagam impostos nem garantem a protecção das pessoas mais vulneráveis”, saiam “beneficiados” desta crise.

    A incerteza que paira sobre a associação é a mesma que, neste momento, torna o futuro da Liga pouco claro. O Sporting de Braga já formulou seis propostas para a conclusão do calendário desportivo em tempo útil, sem necessidade de um tempo de descontos excessivo. A possibilidade de se olhar para a tabela verificada no fecho da primeira volta como a classificação final tem circulado, mas não foge de polémicas, até porque implicaria o FC Porto e o Benfica trocarem de lugares, sendo também debatida a possibilidade de o campeonato terminar tal como está, com os “dragões” no topo.

    Quaisquer decisões que sejam tomadas vão obrigatoriamente depender da forma como a pandemia de covid-19 for controlada. Até lá, é esperar.

    Entidades Licenciadas

    Entidades Licenciadas

    Entidades Licenciadas

    Entidades Licenciadas

    BEM OPERATIONS LIMITED
    Marca: Betclic
    Licença: Licença 001 - Apostas desportivas à cota, em que o jogador joga contra a entidade exploradora
    Averbamento nº 1 à Licença n.º 001 - Prorrogação do prazo de vigência da licença
    Licença: Licença 004 - Jogos de fortuna ou azar (Jogos de máquinas)
    Averbamento n.º 1 à Licença n.º004
    Averbamento n.º 2 à Licença n.º004
    Averbamento n.º 3 à Licença n.º004 - Prorrogação do prazo de vigência da licença
    Website: www.betclic.pt


    GOBET-ENTRETENIMENTO, S.A.
    Marca: Bet
    Licença: Licença 002 - Apostas desportivas à cota, em que o jogador joga contra a entidade exploradora e Prorrogação do prazo de vigência da licença
    Licença: Licença 006 - Jogos de fortuna ou azar (Jogos de máquinas, Blackjack/21, Bacará Ponto e Banca/Bacará Ponto e Banca Macau, Roleta Americana e Roleta Francesa)
    Averbamento n.º 1 à Licença n.º 006- Prorrogação do prazo de vigência da licença
    Website: www.bet.pt


    ESTORIL SOL DIGITAL, ONLINE GAMING PRODUCTS AND SERVICES, S.A.
    Marcas: Casino Estoril, Casino Lisboa e Casino da Póvoa
    Licença: Licença 003 - Jogos de fortuna ou azar (Blackjack/21, Jogos de máquinas e Roleta francesa)
    Averbamento n.º1 à Licença n.º 003
    Averbamento n.º2 à Licença n.º 003 - Prorrogação do prazo de vigência da licença
    Averbamento n.º3 à Licença n.º 003
    Licença: Licença 008 - Apostas desportivas à cota, em que o jogador joga contra a entidade exploradora
    Averbamento n.º1 à Licença n.º 008 - Prorrogação do prazo de vigência da licença
    Website: www.estorilsolcasinos.pt


    REEL EUROPE LIMITED
    Marca: Pokerstars
    Licença: Licença 005 - Jogos de fortuna ou azar (Póquer em modo de torneio, Póquer na variante «Hold´em», Póquer na variante «Omaha», Blackjack/21 e Roleta Francesa)



    Publicar comentário
    Interessante
    25-07-2021
    7 Aplicativos de futebol para acompanhar estatísticas e resultados de jogos
    7 Aplicativos de futebol para acompanhar estatísticas e resultados de jogos

    Se você é um torcedor fanático, ou um apostador online e precisa estar por dentro de notícias e estatísticas, confira esses 7 Aplicativos de futebol...

    05-08-2021
    Portugal pretende confirmar o favoritismo contra o Luxemburgo
    Portugal pretende confirmar o favoritismo contra o Luxemburgo

    Apesar do discurso cuidadoso do selecionador nacional, Fernando Santos, ninguém espera que Portugal não alcance um triunfo esta sexta-feira contra Luxemburgo, ainda mais em Alvalade...

    06-09-2021
    Sites de apostas esportivas com bonus
    Sites de apostas esportivas com bonus

    O SuperBolГЈo Г© um jogo de palpites sobre futebol, completamente grГЎtis, onde pode se divertir e ainda ficar habilitado a ganhar fantГЎsticos prГЄmios...

    04-05-2021
    Bet365 - Apostas Desportiva‪s‬ 17+
    Bet365 - Apostas Desportiva‪s‬ 17+

    A bet365, a empresa de apostas desportivas online mais popular do mundo, traz até si a App mais avançada de apostas desportivas para iPhone e iPad...

    11-05-2021
    Como ganhar dinheiro em sites de apostas esportivas
    Como ganhar dinheiro em sites de apostas esportivas

    Por Nilton Kleina...