Todos os jogos de amanha apostas

Enrico NazaréAutor da publicação: Enrico Nazaré

O Benfica somou a 6.ª vitória seguida para a Liga ao vencer de maneira expressiva na Capital do Móvel, numa partida que ficou marcada pela expulsão de Eustáquio logo aos 21′. Os encarnados, que pela 3.ª vez nos últimos 4 jogos actuaram mais de uma parte contra 10, aproveitaram bem a vantagem numérica e ao intervalo já tinham o jogo resolvido. Seferovic voltou a brilhar e com o bis isolou-se no topo dos melhores marcadores, com 16 golos. Diogo Gonçalves foi igualmente decisivo ao desbloquear o marcador, num encontro que ficou marcado pelo regresso aos golos de Darwin (não conteve as lágrimas nos festejos). Já o Paços entrou com a ideia de pressionar alto mas acusou muito o vermelho direto a Stephen Eustáquio e só a boa exibição de Jordi impediu uma goleada mais contundente.

Paços de Ferreira – Foi evidente que os pacenses, até pela ideia de pressionarem alto, queriam discutir a partida, mas a expulsão hipotecou a estratégia, ainda por cima a equipa de Pepa continuou com a sua ideia de jogo, o que permitiu ao Benfica ter muito espaço na frente e em transição. Jordi ainda foi atrasando a goleada, mas a mesma acabou por ser inevitável. Para complicado o trio de ataque, hoje sem o castigado Tanque e o lesionado Luther, também revelou alguma falta de qualidade para um 5.º classificado da Liga.

Benfica – Mais um clean sheet (7.º seguido), regresso também às goleadas (desde a 1.ª jornada que as águias não tinham um resultado expressivo para o campeonato) e o manter desta sequência de vitórias. É certo que a expulsão (os encarnados têm jogado várias vezes contra 10 nesta onda de triunfos) facilitou, mas o conjunto de Jesus conseguiu vários lances de bom nível e teve mérito na maneira como aproveitou a superioridade numérica. Para isso muito contribuiu Seferovic (exibição incrível), que bisou nos golos e assistências e ainda deu mais alguns lances aos seus companheiros. Diogo Gonçalves também demonstrou que está confiante, enquanto o sector defensivo praticamente não foi testado.

XI Paços de Ferreira: Jordi; Fernando Fonseca, Marcelo, Maracás, Rebocho; Eustáquio, Luiz Carlos, Bruno Costa; Hélder Ferreira, Uilton, Dor Jan.

XI Benfica: Helton; Lucas Veríssimo, Otamendi, Vertonghen; Diogo Gonçalves, Weigl, Taarabt, Grimaldo; Rafa, Waldschmidt, Seferović.

View Comments

Jogo fácil! Expulsão ajudou imenso, mas já antes de expulsão dava ideia que o Benfica iria acabar por ganhar.
Arbitragem: Nada a apontar de relevo. Bem expulso. Nem percebi a demora para dar o vermelho tão clara que foi a entrada de sola.

Equipa do Benfica mantém ritmo defensivo e o sistema de 3 defesas é o ideal porque temos a sorte de ter 3 centrais bastantes razoáveis a sair com bola e que têm alguma velocidade, o que permite que os laterais subam e não se preocupem tanto a defender permitindo que apareçam mais no último terço (tem sido evidente no caso de Diogo Gonçalves). Diogo Gonçalves está-se a consolidar, mas precisa de melhorar alguns pontos defensivamente, mas penso que terá futuro nesta posição. Weigl faz muita diferença no meio (é o jogador na minha opinião mais importante para a estabilidade defensiva). Tirar everton e darwin também ajudou. A equipa com este 11 está bem rotinada funcionando mais sobretudo do lado direito. Seferovic a surpreender, hoje ganhou praticamente todos os lances, 2 golos e 2 assistências e a mostrar a garra que o caracteriza. Helton Leite pessoalmente não me agrada e acho que é a posição que mais precisamos de reforçar, mas dá-me mais segurança que o Ody.
Everton entrou bem mas precisa de voltar à forma do Grémio, continua preso e tímido. A qualidade está lá toda, falta a cabeça. Gilberto não dá para muito mas isso já se sabia.

Campeonato vai ser até à última, segundo lugar completamente em aberto! E o Sporting perdendo pontos nos próximos jogos pode bem tremer. A única vantagem do Sporting é jogar sem adeptos na verdade, porque com público acredito que iria sofrer mais.

Pela 1a vez desejei que o Seferovic se mantivesse no Benfica. Jogasse sempre a este nível! Mas talvez se o fizesse já cá não estava.

Em segundo o Darwin que se emocionou quando fez golo. Claramente afetado psicologicamente. Quis tanto abraçar o moço que dei por mim a abraçar a televisão. Creio que ainda nos vai dar muitas alegrias!

Para concluir tenho cá para mim que o Everton também vai chorar quando faturar 😛

O Espírito Santo, hoje, desceu dos céus e encarnou no Esferovite (jogador elogiado por JJ na conferência de imprensa). Dois golos e duas assistências, sendo o segundo uma obra de arte: receção de costas, preparação e bojarda com a canhota lá para o fundo.

Não obstante a exibição magistral do suíço, o desbloqueador do jogo foi Eustáquio: que burrice monumental! Até aí, vi um Benfica com a habitual penúria em matéria de organização ofensiva. Aliás, o primeiro golo resulta de uma falha monumental de um jogador do Paços, que oferece a bola na sua zona defensiva, e o segundo de um contra-ataque de 1 contra zero. Portanto, assim sendo, tal e coisa, não se embandeire em arco, porque os problemas continuam lá.

A saga dos penaltis continua. Como foi assinalado um há uma semana, o pessoal arbitral deve pensar: bom, a quota já foi preenchida e o borrego morto, portanto 'bora lá seguir com a normalidade.

Que exibição descomunal do Seferovic. Das melhores exibições individuais que me lembro de ver num ponta de lança no Benfica, apesar do grau de dificuldade baixo deste encontro. 2 golaços, 2 enormes assistências e podia ter feito bem mais. Hoje parecia o Harry Kane a jogar com os apoios. Se o Rafa e o Waldschmidt (que falhanço) tivessem colaborado acabava com 2 golos e 4 assistências, no mínimo.

Simplesmente espetacular. Enorme exibição daquele que ontem considerei ser o melhor ponta de lança do campeonato 2020/21 por larga margem, mesmo sendo suplente em muitos jogos e logo no dia seguinte o suíço faz isto. Obrigado por reforçares o meu argumento.

Há pouco tempo também tinha elogiado a qualidade técnica do Seferovic, algo que foi motivo de alguma troça por um user ou outro. Sei que é polémico, mas para mim, repito, o Seferovic é claramente o melhor ponta de lança "puro" do campeonato a jogar com os apoios em conjunto com o Paulinho.

Aliás, não admira que o Jorge Jesus tenha visto técnica e jogo com os apoios de qualidade suficiente para o colocar a jogar a 2º avançado em imensos jogos. Não é por acaso, é porque realmente o Seferovic é evoluído nesse aspeto do jogo apesar de dizerem que é um "cepo". Não é e hoje voltou a provar isso. Reparem que eu já disse isto tudo anteriormente portanto, não, não é nada com base em 1 jogo.

Disseste porque me copiaste ehehe Estou a brincar, sei que também és dos poucos que o defende e como tal hoje, além da vitória do SLB, estamos felizes também por ele :)

Que jogaço do suíço, para além de ter estado matador, teve várias jogadas de grande nível, como a assistência para o Rafa por exemplo. A brincar, já é o melhor marcador e o melhor assistente do campeonato! Que continue assim, as coisas têm-lhe saído bem e é aproveitar ao máximo, como a qualquer outro jogador.

Verdade seja dita que este resultado seria outro se o Paços estivesse com 11, mas este sistema de 3 centrais pareceu-me ser o melhor sistema para a equipa. A maior valia em termos coletivos é a pressão alta que o Benfica consegue exercer, os 3 centrais dão uma maior liberdade para os alas pressionarem, tal como os médios e dá um melhor controlo da largura por parte da equipa. Com 3 centrais de grande qualidade é aproveitar este sistema, mas se for para ir em frente precisamos de mais soluções no mercado, ir buscar alguém certinho e com experiência no nosso campeonato (Fábio Cardoso).

Boa notícia também o golo do Darwin que bem estava a precisar, pode ser que tenha ganho confiança, foi muito bom vê-lo emocionar-se, é sinal de que sente o clube.

O Benfica tem estado em rolo compressor, parece o Sporting em outras épocas, por exemplo com o Keizer num final da época em que o Sporting já não podia ganhar nada e começou a golear toda a gente. Isso deve-se à falta de pressão que a equipa tem neste momento, temos que aproveitar este Embaló para conquistar pontos e ganhar confiança e pelo menos conquistar a Taça de Portugal.

Em relação ao Darwin não acho que se tenha emocionado por sentir o clube. Parece-me ter sido mais uma questão individual. É um miúdo, deu um salto na carreira, não foi barato, começou a titular, foi relegado para o banco e teve uma seca de golos. Claramente mexeu com ele. Ainda para mais foi o 5o golo. Não acredito que um jogador profissional chore o 5o golo por sentir o clube.

De qualquer das maneiras o importante é que continue a marcar.

Talvez se fossemos nós chorariamos sempre que marcassemos! 😅

Eu começava por aproveitar o Ramos

O cepo do Seferovic sendo o marcador de pênaltis, se fosse sempre titular e com o Benfica a jogar futebol decente chegaria aos 30 golos na liga. Cepo, mas nem tanto.

Não chegava aos 30 golos porque os árbitros pura e simplesmente não assinalam os penalties.

Jogo decidido a partir da expulsão.
Muito bons: Seferovic (quem diria que nesta altura seria o nosso melhor avançado) e Taarabt, este a jogar assim é uma besta
Terrível: Gilberto entrou ao intervalo e ainda foi a tempo de mostrar toda a sua mediocridade, é que estraga tudo o que toca. Parece que tou sempre a repetir a mesma coisa, mas opa é simplesmente vergonhoso como no meu clube há um lateral (. ) de 27 anos que não sabe cruzar!

Exibição portentosa do suíço, diria que talvez tenha sido a sua melhor exibição em Portugal.

2 bons golos, 2 boas assistências, muito trabalhador na luta com os centrais e na procura da largura e da profundidade, e o prémio justo para esta exibição foi a chegada dele ao topo dos melhores marcadores.

O jogo em si fica marcado pela expulsão de Stephen Eustáquio, porque até lá o Paços tinha o jogo controlado e o Benfica denotava as habituais fraquezas em organização ofensiva, só disfarçadas pela exibição magistral de Seferovic.

Com 0-3 ao intervalo o Benfica só teve de gerir, o Paços também baixou o ritmo e foi com tranquilidade que se acabou com 0-5.

Adel também se destacou pela positiva, assim como Pizzi que entrou muito bem e ajudou a dar critério, ao invés de Gilberto que em meia parte conseguiu mostrar o quão fraco é e o quão teimoso é o treinador por ter insistido no erro, mas mesmo assim Grimaldo conseguiu ser pior e prolongar a sua série que já vai longa de jogos medíocres (venha de lá o Rúben Vinagre).

Do lado do Paços Jordi com 3 ou 4 boas defesas, Marcelo que safou o que pôde e o motor Bruno Costa foram os melhores.

Mesmo descontando que jogamos com mais um, foi a melhor exibição da época. Enorme exibição de seferovic, excelente taarabt e Rafa. Hoje alguém sinais positivos de Ewerton

Que recital do Seferovic na primeira parte! O homem faz 3 passes para golo. Um de cabeça para o Rafa que fica de frente para o guarda redes e este remata à figura. Outro para o Waldschmidt, que falha escandalosamente de baliza praticamente aberta. E no fim fez outro passe novamente para o Rafa, que faz assim o 2-0. Para além disso, faz ainda 2 golos.

O jogo acaba por ficar mais fácil com a expulsão, mas nada a apontar ao cartão vermelho. Uma entrada assassina sobre Weigl que até arrepiou só de ver.

Visão de Mercado

Visão de Mercado

Exibição q.b. foi suficiente para o FC Porto; Toni Martínez desbloqueou, Taremi voltou aos golos; Tondela não incomodou Marchesín

Exibição q.b. foi suficiente para o FC Porto; Toni Martínez desbloqueou, Taremi voltou aos golos; Tondela não incomodou Marchesín

O FC Porto não teve problemas em passar no terreno do Tondela e colocou assim pressão no Sporting. Os azuis e brancos nem fizeram uma grande exibição, mas tiveram sempre o encontro controlado, sendo que Marchesín nem foi verdadeiramente testado. Toni Martínez facturou pela 2.ª jornada consecutiva, num jogo em que Pepe e Grujic voltaram a destacar-se e que ficou marcado pelo regresso aos golos de Taremi. Já o conjunto de Ayestarán não permitiu grandes oportunidades, mas ofensivamente nunca conseguiu servir Mario González em condições e com isso notaram-se as dificuldades no último terço. Rafael Barbosa teve os únicos semi-lances de perigo, mas esteve desastrado no remate.

Tondela – Exibição muito pobre do conjunto de Pako Ayestarán, que nunca revelou capacidade para discutir a partida. O técnico espanhol manteve o figurino habitual, com a equipa a procurar sair em contra-ataque, mas o Tondela raramente conseguiu ligar sectores e não construiu qualquer jogada com princípio, meio e fim. É certo que o adversário pouco criou, mas acabou por estar confortável ao longo dos 90’, tal foi a inércia dos Beirões, tanto em jogo corrido como nas bolas paradas. Individualmente, Salvador Agra e Rafael Barbosa estiveram desastrados em todas as ações, Mário González foi bem anulado e o trio de meio-campo sentiu muita dificuldade em ter bola e impor o seu jogo. Ainda assim, Jaime Grau terá sido a melhor unidade, obrigando Marchesín a uma boa defesa e mostrando qualidade no passe. Por outro lado, Bebeto sentiu muitas dificuldades no seu flanco, enquanto os centrais ficaram mal na fotografia no lance do 1-0, tal como Pedro Trigueira. Já os suplentes não tiveram impacto.

FC Porto – Triunfo tranquilo dos Dragões, num campo onde têm sentido dificuldades em anos anteriores, e que permite pressionar o Sporting. Sérgio Conceição promoveu algumas alterações, sobretudo no ataque, e o FC Porto, apesar de não ter encantado, fez o suficiente para sair de Tondela com os três pontos. O golo surgiu cedo e a equipa foi controlando as operações, e, pese o ritmo lento, acabou por chegar ao 2-0 no segundo tempo. Individualmente, Toni Martínez voltou a marcar e a ser decisivo no triunfo, enquanto Evanílson esteve mais apagado. Já Taremi saiu do banco para picar o ponto e terminar com a série de oito jogos sem faturar. No miolo, Grujic voltou a dar boa resposta ao lado de Uribe, que esteve menos assertivo no passe do que é habitual. Já Otávio fez uma exibição discreta, ainda que tenha melhorado nos minutos finais e participado no 2-0, juntamente com Manafá, que controlou bem o seu flanco. Do outro lado, Zaidu também esteve rigoroso, enquanto a dupla Pepe e Diogo Leite não teve problemas. Nota final para Luís Díaz, que veio agitar a partir do banco, enquanto Corona voltou a mostrar a sua qualidade técnica a espaços.

XI Tondela: Trigueira; Bebeto, Medioub, Ricardo Alves, Filipe Ferreira; Jaume Grau, João Pedro, Olabe; Salvador Agra, Rafael Barbosa, Mario González.

XI FC Porto: Marchesín; Manafá, Pepe, Diogo Leite, Zaidu; Grujić, Uribe, Corona, Otávio; Toni Martínez, Evanilson.

View Comments

Jogo com pouca história, Porto a entrar muito bem e com os 35/40 minutos iniciais a vantagem de 2 golos seria curta, na segunda metade geriu o Tondela aproximou se da baliza mas sem real perigo e o Porto faz o 2o golo e arruma com o jogo.
Destaques Grujic que mais uma vez cumpre o papel que lhe foi confiado (seria uma contração interessante se o Liverpool entrasse em descontos gosto bastante dele) Tony Martinez ganha uma vez mais pontos e começa a incomodar os titulares da frente (Marega então perde o lugar para o espanhol para mim) e as boas entradas de Taremi(que espero que recupere a confiança que parecia ter perdido) e S. Oliveira, bons apontamentos também para Evanilson que faz jogar a equipa de forma diferente (para melhor).
Viroria importante tanto para a frente como para trás na classificação já que falta menos 1 jogo e não deixa o Benfica aproximar se e coloca pressão no Sporting que vem de um resultado negativo e assim tentar destabilizar o Sporting eventualmente fragilizado.
Cumprimentos

Tal como eu tinha dito aqui, o Tondela não tinha qualquer interesse em disputar este jogo. O xG de 0.2 comprova-o, logo quem me criticou pela conclusão óbvia que eu disse nesse dia, teve de comer o chapéu.

Uma vitória por 4 ou 5-0 seria mais adequada.

Campeonato está em aberto até ao fim. Vitória justa do FC Porto que sem se esforçar muito derrotou o Tondela que, como diz o VM, e bem, pouco ou nada incomodou os dragões - ao contrário do jogo com o Sporting.

Individualmente, Toni Martinez mostrou que é um avançado com qualidade, ao contrário do que dizem aqueles que o criticam. E ainda marcou um belo golo com movimento á ponta-de-lança.

Quanto ao Tondela, nem há muito a dizer já que os comandados de Pako Ayestaran nunca foram uma séria ameaça á baliza de Marchesín. Contudo, têm a manutenção mais que garantida.

Posto isto, e como eu disse logo no início, o campeonato esta relançado e dificilmente o FC Porto irá perder pontos nos próximos jogos. Têm um colectivo muito forte e têm estofo de campeão. Nada está fechado.

O Tondela está mais próximo dos lugares de descida do que o Porto do 1 lugar, mas o campeonato está relançado e o Tondela tem a manutenção mais que garantida?

Talvez porque os clubes lá embaixo perdem muitos mais pontos, para além de que para o Tondela descer até ao final é preciso perder pontos para Rio Ave, Famalicão, Belenenses, Boavista, Marítimo, Farense e Nacional, enquanto que o Porto está à distância de uma equipa para o primeiro lugar, ou seja, "basta" o Sporting entrar numa mini-espiral negativa.

E nisto o Tondela acabará esta jornada com apenas 4 pontos acima do antepenúltimo lugar que pode dar descida de divisão a faltar ainda uns longos 8 jogos. O Tondela à partida para esta jornada tinha os mesmos pontos que o Gil Vicente, mas para um user aqui dizer que o Gil Vicente e o Tondela ainda estavam PERFEITAMENTE na luta pela manutenção era hipocrisia porque com 28 pontos já estavam mais que safos.

Chega-se logo à jornada seguinte e vê-se que o Tondela já ficará a apenas 4 pontos dos lugares de descida a faltar ainda 8 jogos. E o Gil Vicente pode ficar exatamente na mesma situação caso perca o seu jogo com o Moreirense amanhã. Mas ya, estão extremamente longe dos lugares de descida e mais do que safos.

O Tondela para descer precisa de perder mais pontos do que as 7 equipas que estão abaixo, para além de que são 4 pontos para os playoffs e 6 pontos para a descida. Na verdade qualquer equipa abaixo dos 34 pontos +/- ainda está a lutar pela manutenção, mas a probabilidade do Tondela descer é muito baixa.

- A conversa é sobre se o Tondela/Gil Vicente já garantiram a manutenção na semana passada. Garantir a manutenção não é garantir o 16° lugar, é garantir o 15° que é o único lugar que garante o objetivo logo o Tondela tem apenas 4 pontos de vantagens para o lugar que pode dar descida.

- Não, o Tondela não tem de fazer pior que as 7 equipas que estão abaixo para ficar nos lugares que não garantem a manutenção. Eu concordo que seria preciso quase um milagre para ficar em último e mesmo ficar em penúltimo já parece muito improvável. Acho é que são equipas que ainda podem perfeitamente acabar em antepenúltimo e portanto não garantir a manutenção via campeonato. Apenas precisa de fazer pior que 5 das 7 equipas para isto. Relembro que Rio Ave, Famalicão e Boavista então entre essas 7 equipas, equipas individualmente muito melhores que o Tondela e com grande potencial para, a qualquer momento, dar um salto na tabela de gigante como aconteceu com o Portimonense, Gil Vicente e o próprio Famalicão parece estar nesse sentido. Não me parece de todo chocante que estás 3 equipas acabem acima do Tondela. Até diria que é mesmo o mais provável. A partir daqui só faltariam 2 equipas e em 8 jogos não me parece nada dificil que o Tondela faça apenas 4-6 pontos e acabe lá.

- Mesmo que o Tondela tivesse de fazer pior que 7 equipas (e repito: não tem), isso é precisamente o que define as equipas que descem. Por definição, os últimos classificados são os que pontuam menos que os outros portanto dizeres que o Tondela para descer tem de pontuar menos que os outros é. o óbvio. Óbvio que tem de pontuar menos. Aliás, as 3 equipas que ficarem nos últimos lugares só lá ficarão porque fizeram pior que as outras 15 equipas. É assim que funciona.

Óbvio, Deco. As pessoas têm esta obsessão com a "distância para a linha de água", quando na verdade há muitos outros factores que contam: número de equipas que estão abaixo, número de vezes que vão jogar entre si, distância para a linha de segurança.
Claro que uma distância de 7/8 pontos entre APENAS duas equipas será sempre menor, na prática, do que uma distância de 6 pontos quando há 6 ou 7 clubes abaixo.

Agora, claro que o Tondela ainda pode descer, o próprio Gil também. Aquele Arouca de 2016/17 parecia safo e depois acabou mesmo por descer, acontece. Mas mesmo esses conseguiram fazer 5 pontos nas últimas 9 jornadas. E é precisamente por ser um caso tão raro que nos lembramos dele…

Não, tu lembras-te dele porque eu te lembrei porque ainda na semana passada dizias que era quase impossível descer. Agora já é o Moreirense e o Santa Clara que é quase impossível. Já estás a tentar mudar o que disseste. Pelo menos agora estás a dizer algo com pés e cabeça.

E o caso do Arouca era raro, mas estamos a falar de descer a 11 pontos de distância. Não a 6 pontos de distância e muito menos a 4. Repara que o Arouca tinha 11 pontos de vantagem, fez 5 pontos em 9 jornadas e, MESMO ASSIM, desceu. Mas na semana passada disseste que bastava ao Gil Vicente vencer 2 jogos que já tinha a manutenção garantida. Ou seja, basta 6 pontos disseste tu. Ao Arouca com uma vantagem bem maior e a só poderem descer 2 equipas não chegou 5, mas ao Gil Vicente basta 6 e garante, no mínimo, o 15° lugar.

O Tondela a 4 pontos parece que já não vai descer só a ti e a mais algumas pessoas que começaram a ver futebol há 2 dias.

Se tivesse 4 pontos de vantagem e faltassem 2/3 jornadas. ok, realmente é "quase impossível" descer. Matematicamente era possível, mas concordaria contigo, seria preciso uma combinação de resultados mais improvável e portanto a manutenção não estava garantida, mas era aceitável dizer que estava bem perto.

Agora. a 8 jornadas do fim. OITO?? É que nem perto da manutenção estão. Estão melhor posicionados que os outros, obviamente, mas é uma ligeira vantagem apenas como o Nacional tinha uma ligeira vantagem e já está lá no fundo. Tal como o Marítimo chegou a estar em 7° lugar e agora está lá no fundo.

Digo mais: a minha aposta é que o Tondela não só ainda não garantiu a manutenção na jornada passada como não vai garantir sequer na última jornada, fechando o campeonato em 15° e disputando o play-off de descida onde tudo pode acontecer. Este é o cenário que eu acho mais provável, o que diz muito do que penso sobre a tua ideia de nem sequer poder festejar um deslize do Farense porque é idiota comentar como se o Gil Vicente estivesse realmente a lutar para não descer que foi o que tu disseste, apesar de agora estares a tentar mudar.

Suponho que essa tenha sido para mim, mas vai-me buscar uma altura em que eu disse que o Tondela ou o Gil estavam "mais que safos". O que eu disse foi que, no caso do Gil Vicente, com 28 pontos a 9 jornadas do fim, as hipóteses de se safarem são muitíssimo maiores do que descerem. Só isto. E tu estavas a tentar passar a ideia de que as hipóteses de se safarem eram as mesmas que as de um Farense ou Nacional, o que é ridículo. Volto a dizer que a distância para a linha de água é uma maneira preguiçosa de ver a coisa, sobretudo quando há tantos clubes atrás deles que vão jogar entre si e tirar pontos uns aos outros.

Mas eu falo em probabilidades e tu achas que estou a falar em certezas. Tem piada tantos testamentos escritos por um gajo que, simplesmente, não sabe ler…

E para o user acima, eh pá, se vamos pelo "100% salvos" nem o V. Guimarães está 100% salvo. Mas alguém acredita mesmo que o Moreirense ou Santa Clara vão descer? Haverá muitos casos desses, de dois clubes não conseguirem uns 2 ou 3 pontos em 9 jornadas? Nem Aquele Arouca de 2017.

Eu disse que as hipóteses de descer do Gil eram iguais às de quem está abaixo?? Onde é que disse isso??

Eu fiz um comentário em que disse que o Gil Vicente era a equipa melhor posicionada das que lutam pela manutenção naquele e que fiquei contente com o deslize do Farense na jornada passada e tu respondeste todo ofendido que o jogo do Farense não interessava para nada ao Gil Vicente e que essa conversa da manutenção já enjoava portanto, sim, tu comentaste aqui que falar do Gil Vicente como se ainda estivesse a lutar para não descer é ridículo.

Aliás, este teu comentário demonstra bem a tua real ideia quando comparas a probabilidade do Gil Vicente descer com a do Vitória. E quando digo Gil Vicente digo Tondela porque estavam exatamente na mesma situação na última jornada e todos os teus argumentos servem para as 2 equipas.

O Arouca a 11 pontos de distância desceu de divisão, mas o Tondela com 4 pontos é quase impossível descer 😂

Onde é que eu comparei a probabilidade do Gil com o Vitória? Ou disse que o Tondela era quase impossível descer? Confirma-se que não sabes ler e ficamos por aqui.

Totalmente de acordo. Do Portimonense para baixo ainda está tudo na luta pela manutenção e mesmo Moreirense e Santa Clara não estão ainda 100% salvos.

Não há Marega em campo, não há bombo na profundidade, logo há mais futebol. Primeira parte completamente diferente do habitual, com muita posse e muita calma com bola.

Toni Martinez fez um bom golo, mas não um bom jogo. Demasiados passes e recepções falhadas (é limitado tecnicamente) mas lutou muito como de costume e aliando isso ao golo acaba por ganhar pontos.
Evanilson esteve ligeiramente melhor (é de longe o avançado mais capaz com bola do Porto) mas pareceu perder gás demasiado cedo.
Grujic voltou a fazer um bom jogo (o Porto tem aqui um reforço para o resto da época).

Já do lado mais negativo, como sempre, os laterais. Não tem nível para isto e pouco mais há a dizer sem se ser repetitivo. Manafá então fez uma exibição deplorável falhando mais de metade das suas ações com bola.

Mais um jogo em que o Porto não precisa de jogar muito para ganhar marca e depois gere o jogo a seu belo prazer, prático e eficaz como sempre, a juntar a isso as habituais cenas de qualquer toque do adversário atiram se para o chão a rebolar como se tivessem algo partido e claro o árbitro a cair sempre na cantiga. Até ao fim ganham os jogos todos!!

5 pontos, corda a apertar. Como disse, nunca esteve fechado e o Porto dificilmente perde pontos até ao fim como já se viu. Tirando na Luz, o resto dos jogos com maior ou menor dificuldade, mais ou menos penalti, vão vencer.
Se o Sporting não sair de Alvalade com 8 pontos amanhã e com as idas a Faro, Vila Do Conde, Luz e Braga, não me surpreendia uma hecatombe digna da história recente do clube.

5 pontos, se fizermos a nossa obrigação domingo e na próxima sexta passam a 11. calma!!

Podem ser 11 na sexta ou 2 no Sábado

A obrigação é ganhar o próximo jogo e se ganharmos ficamos um pouquinho mais perto

Pessoalmente não estou nada confiante, mas acho que é normal, dado o passado recente do Sporting e os 19 anos de jejum

Verdade, mas a atitude durante os jogos tem que mudar e se mudar acredito que isso se alcance facilmente.

Concordo, está tudo nas mãos do Sporting. Mas com este clube nunca se sabe o que pode acontecer.

Até fizemos uma boa exibição na 1a parte mas na segunda voltamos ao mesmo.
Taremi voltou aos golos e espero que isso lhe dê mais confiança.

Agora é começar a preparar o jogo contra o Chelsea.



Publicar comentário
Interessante
15-04-2021
Top 10 melhores sites para assistir futebol
Top 10 melhores sites para assistir futebol

Está querendo assistir futebol online grátis? Esse post era o que você procurava...

22-04-2021
Bônus e Códigos Promocionais: todas as promoções e bônus Apostas 🇵🇹 Portugal
Bônus e Códigos Promocionais: todas as promoções e bônus Apostas 🇵🇹 Portugal

As melhores casas de apostas — obtenha o seu código de bônus...

25-04-2021
Aposta Gratis b-Bets
Aposta Gratis b-Bets

Não perca tempo e veja como é fácil receber o seu freebet b-Bets agora...

24-04-2021
Ao nos Aproximarmos do Fim
Ao nos Aproximarmos do Fim

Mensagens Ilusórias Serão Aceitas por Muitos...

06-05-2021
Melhores bônus de casas de apostas
Melhores bônus de casas de apostas

Saber quais são os melhores bônus de casas de apostas ajuda você a começar com o pé direito...

23-04-2021
Como funciona o Draw no Bet
Como funciona o Draw no Bet

Cada vez mais pessoas realizam apostas esportivas, no entanto após as primeiras apostas, os apostadores veem a maioria das suas dúvidas iniciais serem esclarecidas...